Agende sua avaliação
esmalte dentário

Como restaurar o esmalte dos dentes? Descubra 4 atitudes que prejudicam!

Tempo de leitura 3 min

Você já ouviu falar em esmalte dentário? É uma estrutura rígida e mineralizada do dente, que protege a dentina e a polpa dentária — componentes fundamentais na manutenção dos dentes. Porém, alguns hábitos podem prejudicar essa estrutura, chegando até a perdê-la. Por isso, cada vez mais, pacientes têm procurado os consultórios para saber como restaurar o esmalte dos dentes.

Quando esse tecido está danificado, é possível verificar alguns sinais, como dentes amarelados, com trincas e sensibilidade, que aumenta com a consumo de alimentos frios, quentes, doces ou ácidos.

Está com alguns destes sintomas e quer saber mais sobre?

Então, acompanhe este texto e conheça o que provoca a perda do esmalte dentário e quais são as opções tratamento!

O que promove a perda do esmalte dentário?

Quando se fala que o dente está perdendo o esmalte, significa que um desgaste acontece devido a má higiene bucal ou consumo de determinados alimentos.

A seguir, veja 4 hábitos que podem causar esse problema.

Escovação inadequada

Ter uma boa higiene bucal é fundamental para ter dentes bonitos e saudáveis. No entanto, se a escovação for muito agressiva pode trazer prejuízo para o esmalte dentário.

A causa principal disso é o uso de escova de cerdas muito duras e o excesso de força durante a escovação. Por isso, opte por escovas de certas macias e escove de forma mais leve.

Uso de cremes dentais abrasivos

Geralmente, os cremes dentais que prometem clareamento são bastante abrasivos. Isso quer dizer que eles acabam criando uma grande fricção no esmalte dentário.

Desse modo, o ideal é usar um creme dental indicado pelo seu dentista e que contenha flúor na composição.

Alimentação inadequada

O consumo frequente de alimentos e bebidas que contêm açúcar e são ácidos eliminam uma parte do esmalte com o passar do tempo. Isso acontece porque, essa substância tira os minerais que compõem a estrutura desse tecido.

Assim, é importante evitar o seu consumo e, ao consumí-los, esperar pelo menos 30 minutos antes de escovar os dentes, para equilibrar o pH da boca, que estará ácido.

Refluxo gastroesofágico

Pessoas que sofrem de refluxo podem perder o esmalte dentário de forma rápida, já que o suco gástrico que é ácido, e quando chega à cavidade bucal, entra em contato com os dentes, o que contribui para desgastar o esmalte dentário.

Como restaurar o esmalte dentário?

Felizmente, hoje em dia, existem diversos tipos de tratamentos para restaurar o esmalte dentário, desde os mais simples até os mais complexos.

O tratamento vai depender da extensão do dano. Quando o problema é detectado de maneira precoce, o tratamento pode ser realizado até mesmo em casa, com o uso de cremes dentais especiais que promovem a remineralização do tecido.

Caso os danos sejam mais profundos, é preciso buscar a ajuda de um dentista para realizar um reparo de maneira profissional.

Geralmente, são indicados:

  • recobrimento de resina;
  • colocação de laminados de cerâmica;
  • aplicação de alta concentração de flúor.

Essas foram algumas informações sobre como restaurar o esmalte dos dentes. É importante destacar que apenas um bom dentista especialista consegue restaurar o esmalte de maneira segura e eficaz.

Portanto, evite soluções milagrosas e visite profissionais especializados e com experiência no mercado.

Quer ficar por dentro de outras dicas para manter sua saúde bucal em dia?

Então, curta a nossa página no Facebook!

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.