Bruxismo infantil: tire aqui todas as suas dúvidas!

Tempo de leitura 5 min

O bruxismo infantil é um problema comum, embora muitos pais desconheçam que crianças podem sofrer com essa disfunção. Mas saber identificar a condição é essencial para que a saúde bucal da criança não fique comprometida e ela não sofra com a perda dentária precocemente.

Além do risco de perder os dentes, o bruxismo traz outras consequências que prejudicam o bem-estar e a qualidade de vida da criança.

Este post explicará tudo sobre o bruxismo infantil e como identificar se seu filho tem o problema. Ao fim da leitura, você não terá mais dúvidas. Confira!

O que é o bruxismo infantil?

Bruxismo é o hábito de ranger e apertar os dentes involuntariamente, o que pode ocorrer ao longo do dia ou à noite, durante o sono. 

Até os 6 anos, é comum que a criança tenha esse costume, pois os dentes ainda estão se acomodando na arcada, que está em fase de desenvolvimento. Entretanto, se após essa idade o problema persiste, é hora de procurar um especialista para avaliar o quadro.

Quais são as causas do problema?

O bruxismo infantil pode ter diversas causas, como má oclusão e problemas na mordida. Além disso, fatores emocionais também contribuem com o quadro, por exemplo, de ansiedade e estresse, ocorrido por situações em que a criança não soube lidar muito bem.

No caso de bruxismo por causa de fatores emocionais, podemos citar, ainda, o divórcio dos pais, uma rotina muito atarefada com escola, aulas de dança, de música ou idiomas, morte de algum parente, entre outras situações.

Além disso, crianças com dificuldade para dormir, hiperativas e com déficit de atenção têm mais chances de ter bruxismo. Condições alérgicas ou problemas respiratórios, como rinite e asma também contribuem para o desenvolvimento.

Como descobrir se seu filho tem bruxismo?

Descobrir se a criança tem bruxismo nem sempre é uma tarefa fácil, porque ela pode não perceber que tem esse hábito. Uma boa dica para identificar o problema é observar seu filho enquanto ele dorme.

Fique um pouco perto da cama e preste atenção se ele tem um sono tranquilo ou se faz ruídos com os dentes durante a noite. Além disso, você pode perguntar se ele sente dores na hora de mastigar.

Ainda, é bom ficar de olho se a criança vem passando por alguma situação de estresse. Caso sim, observe se o ranger de dentes à noite é mais frequente quando algo acontece.

Perguntar aos irmãos que dividem o quarto com o pequeno, se eles ouvem ruídos enquanto a criança dorme também é uma forma de identificar o problema. Por fim, se seu filho reclama constantemente de dores de cabeça é um sinal de alerta.

Quais são as consequências do bruxismo para uma criança?

O bruxismo é tão prejudicial para as crianças quanto para os adultos. Aliás, para os pequenos pode ser ainda pior porque os pais podem demorar um pouco a identificar o problema.

Powered by Rock Convert

Além de dores de cabeça, no maxilar e durante a mastigação, o bruxismo causa um desgaste nos dentes. Fraturas dentárias e sensibilidade também são consequências do ato de apertar e ranger.

Em casos mais graves, os dentes da criança amolecem e ela pode vir a sofrer com a perda dentária, o que seria muito prejudicial para sua autoestima e qualidade de vida, já que ela corre o risco de virar alvo de piadas na escola. Assim, ela pode sentir vontade de ficar isolada e acabar desenvolvendo problemas, como depressão, que é causada por baixa autoestima.

O bruxismo infantil tem cura?

Se você acha que seu filho sofre com bruxismo, não se desespere! O primeiro passo é procurar um odontopediatra para que ele avalie a situação e possa dar um diagnóstico correto.

O problema tem cura e as opções de tratamento dependem das causas do bruxismo: se estão relacionadas com fatores emocionais, a criança precisará de uma equipe multidisciplinar, que envolve dentista, médico e psicólogo. Veja como o problema pode ser resolvido.

Uso de placa de mordida

Para evitar o desgaste dentário, o dentista confecciona uma placa de mordida para o pequeno usar durante a noite. A função dela é evitar o desgaste dentário e que a criança sinta dores por causa do ato de apertar os dentes.

A placa é confeccionada sob medida e é ajustada à arcada dentária da criança, por isso, ela não ficará desconfortável ao usar o acessório.

Terapia

Caso a criança esteja passando por um período de estresse, os pais devem fazer sua parte e não apenas levá-la na terapia. Um psicólogo ou psiquiatra infantil ajuda muito nesses casos, pois o profissional ensina a lidar com as emoções.

Além disso, se seu filho está com uma rotina muito corrida, dê a ele um espaço para respirar, tirando um pouco das atividades do dia a dia. Isso ajuda a aliviar a tensão e facilita o tratamento do bruxismo.

Acompanhamento médico

Quando as causas do bruxismo infantil estão relacionadas a problemas de saúde, a criança deve ter acompanhamento médico. Nesses casos, ela precisa receber o devido tratamento para curar ou amenizar os efeitos da doença.

Tratamento ortodôntico

Quando as causas do bruxismo estão relacionadas à má oclusão e desalinhamento dentário, a criança precisa usar aparelho. O tempo de uso depende da gravidade do problema e somente o dentista pode dar essa informação, após fazer uma avaliação completa e pedir os devidos exames.

Há modelos específicos de aparelho para crianças, tanto móveis quanto fixos e que são indicados para corrigir problemas diferentes. Mas apenas o profissional pode decidir qual a melhor opção para a criança.

Como você viu, o tratamento para bruxismo infantil não é tão complexo, mas é preciso identificar as causas para propor a melhor solução. Vale ressaltar que é importante ficar atento à higiene bucal de seu filho. Se ele for ainda muito pequeno, compre pasta de dente para criança para incentivá-lo na escovação, pois esses produtos têm um sabor mais agradável.

Gostou do post? O conteúdo e as informações foram suficientes para sanar todas suas dúvidas sobre o assunto? Deixe sua opinião nos comentários!

Powered by Rock Convert
será que eu preciso de aparelhoPowered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

16 Comentários

  1. gostei muito, e me esclareceu varias duvidas. Muito util.

    1. Oi, Juliana! Que bom saber que você gostou do conteúdo! Obrigado pelo feedback!

  2. Excelente explicação. Meu filho de 4 anos range os dentes durante o sono. O pediatra disse que é devido a rinite alérgica.

    1. Oi, Mônica! Como vai? Fico feliz em ter ajudado!

  3. Minha filha tem 7 anos, com essa idade ela já pode utilizar a placa de mordida ?

    1. Florisvaldo, tudo bem? Acredito que não tenha problema, de qualquer forma é importante avaliá-la, primeiramente.

  4. Gostei muito! Meu filho tem 6 anos e range aos domeir6,começou a pouco tempo..irei sinalizar a pediatra para ela avaliar ele..Obrigada!

    1. Fico feliz em ter ajudado, Fernanda! 😀

  5. Me esclareceu muito, meu filho de nove anos está rangendo demais os dentes a noite,acredito que seja pela ansiedade nesse momento de incertezas que estamos vivendo,ele não se queixa de dores mas vou procurar ajuda.

    1. Pode ser uma causa, viu, Amanda! É um período realmente difícil pelo qual estamos passando.

  6. Excelente, esclarecedor.

    1. Walter, tudo bem? Obrigado pelo feedback! Fico muito feliz que tenha gostado! 😀

  7. Tenho uma criança de 7 anos que range demais quando dorme..Ja levei ao dentista que me informou que criança não usa placa..Foi bastante esclarecedor. Vou procurar ajuda..Muito obrigada!!

  8. A minha filha tem 5 anos range os dentes todas as noites não sei o que fazer 😔

  9. Meu filho e muito agitado e desde novo ele range os dentes,com esse post tive minhas dúvida e medos,esclarecidos. Obrigada

  10. Gostei bastante do conteudo ,bem esclarecido.
    Minha filha de 5 anos ranger bastate os dentes ,agora esta com dores no maxlar ….to preucupada😪

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.