Agende sua avaliação

O que é prognatismo e como o aparelho ortodôntico pode ajudar?

Tempo de leitura 3 min
O que você sabe sobre saúde bucal? Venha descobrir!

Nosso sorriso é, sem dúvidas, o melhor cartão de visitas que podemos ter. No entanto, ele é muito mais do que isso. Também é fundamental para que possamos nos alimentar corretamente, mastigar de forma eficiente e até dormir da melhor maneira possível, sem que isso prejudique a nossa respiração.

Um dos problemas que mais pode gerar alterações em todas essas funções é o prognatismo, caracterizado por uma alteração na estrutura do maxilar. Nele, há o envolvimento simultâneo de ossos, dentes e músculos, provocando uma situação complexa.

O que pouca gente sabe é que o prognatismo tem tudo a ver com o uso de aparelhos ortodônticos. Tem esse problema e quer saber mais sobre ele? Então, vem com a gente! 

O que é o prognatismo?

É uma alteração que faz com que a mordida dos pacientes afetados seja diferente do que deveria, ficando cruzada. Isso é causado por um avanço da região do maxilar, que acaba ficando mais para a frente, gerando também uma desarmonia em questões como a mastigação e a estética do indivíduo.

Lembrando que há uma diferença entre prognatismo e retrognatismo, no qual o último representa um crescimento ósseo inferior ao que deveria ter acontecido. Os aparelhos podem ser utilizados em ambos os casos!

Como é feito o tratamento do prognatismo?

O tratamento depende do caso. No entanto, na maioria das vezes, exige a realização de um procedimento cirúrgico — chamado cirurgia ortognática. Nele, o cirurgião vai realinhar os ossos da face, assim como os músculos e todas as estruturas ali presentes.

Esse é um procedimento complexo, porém ,com grandes taxas de sucesso. O pós-operatório é longo, levando cerca de 6 meses ou mais para o resultado final. No entanto, vale muito a pena, já que a qualidade de vida e a autoestima das pessoas tratadas muda de maneira significativa após a operação.

Qual é o papel dos aparelhos ortodônticos nesse contexto?

Os aparelhos têm o papel de alinhar os dentes e, com isso, trazer um alinhamento ósseo inicial. No tratamento do prognatismo, eles podem ser utilizados tanto antes quanto depois da realização da cirurgia.

Quando usados antes, o foco é alinhar ao máximo os dentes e a face antes do procedimento. Já nos casos em que o uso é feito depois, o foco está na reorganização do que não pôde ser alinhado durante a cirurgia.

Como começar o tratamento?

O tratamento pode ser começado a partir de uma consulta com um ortodontista e com um cirurgião bucomaxilofacial. Juntos, eles vão solicitar exames importantes e poderão fazer todo o planejamento para o seu procedimento. 

Gostou de saber mais sobre a relação entre o prognatismo e o uso de aparelhos ortodônticos? Felizmente, a odontologia avançou muito e tratar esse tipo de situação tem se tornado algo cada vez mais eficiente e seguro. E então? O que você está esperando para dar o primeiro passo?

Aproveite e confira alguns detalhes sobre a duração dos tratamentos com aparelhos ortodônticos e tire as suas dúvidas sobre esse tema! 

será que eu preciso de aparelho

Quer receber mais conteúdo como esse de graça?

Cadastre-se para receber nosso conteúdo por e-mail.

E-mail cadastrado com sucesso
Ops! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, verifique se o captcha está correto.

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.