Agende sua avaliação

Descubra quais os tipos de bráquetes que existem

Tempo de leitura 6 min
O que você sabe sobre saúde bucal? Venha descobrir!

Os bráquetes consistem em pequenas peças que formam o aparelho ortodôntico. Eles são fundamentais, uma vez que o seu objetivo é ajudar na movimentação dos dentes para que eles fiquem na posição desejada. Saiba que existem diferentes tipos de bráquetes no mercado e cada modelo é aplicado em determinada situação. 

Os bráquetes são inseridos nos fios do aparelho do paciente. Hoje em dia, é possível encontrar bráquetes de diversos materiais, pois o objetivo é satisfazer os anseios dos clientes. É válido conhecer a respeito das características dos bráquetes para fazer a escolha adequada. 

Continue a leitura e descubra os tipos de bráquetes que existem!

Quais os tipos de bráquetes existentes? 

Existem basicamente 3 tipos de bráquetes. Eles surgiram para facilitar e para oferecer diferentes possibilidades de tratamento ortodôntico. Além do mais, apresentam uma estética diferente, pois alguns modelos são maiores e outros já são mais discretos. Confira a seguir os principais tipos disponíveis!

Tradicional 

Os bráquetes tradicionais apresentam em sua estrutura elásticos odontológicos, sendo que eles são responsáveis por segurar e prender o fio na parte interior dos slots dos ferrinhos.

O modelo tradicional é o mais utilizado e conhecido nos consultórios odontológicos, uma vez que consegue resolver com eficiência diversos casos de desalinhamento e apresenta um ótimo custo-benefício. 

É importante ressaltar que as maiores desvantagens do modelo são o tempo de duração do tratamento, o atrito entre o fio e as borrachas e a estética. Ainda, nas primeiras semanas, podem surgir feridas na boca. 

Autoligado 

O modelo autoligado não precisa de elástico de borracha, visto que utiliza uma espécie de clipe de fechamento que é responsável por deixar o fio dentro do slot do aparelho. O autoligado é um dos tipos mais inovadores do mercado e permite que o indivíduo consiga realizar os movimentos bucais sem desconforto. 

Uma das maiores vantagens desse modelo de bráquete é o tempo para conseguir um bom resultado. Além do mais, o paciente não fica com acúmulo de placa bacteriana nos dentes. É importante ressaltar que a maior desvantagem está relacionada ao seu preço mais elevado, e isso faz com que diversas pessoas escolham o modelo tradicional. 

Lingual 

Os bráquetes linguais são semelhantes ao modelo tradicional. A diferença entre eles está relacionada à posição, pois o lingual é inserido na parte de trás dos dentes. O lingual é mais caro, e a estética do sorriso não fica prejudicada. Essa opção é utilizada, principalmente, por pessoas que praticam esportes, já que é mais segura em caso de pancadas. Ainda, é preciso destacar que o lingual não apresenta elástico. 

Quais os materiais mais usados? 

Após conhecer os tipos de bráquetes, é essencial entender a respeito do material com que eles são produzidos. O profissional indicará a opção mais adequada às suas necessidades. Veja a seguir as opções!

Metal 

O metal não é a melhor opção para as pessoas que levam em consideração a estética do aparelho, mas é uma das alternativas com melhor custo-benefício do mercado. A opção metálica é constituída por níquel e cromo. Com o passar do tempo, passou por diversas evoluções. Assim, é possível encontrá-la em titânio e em cromo-cobalto. 

Porcelana 

Os bráquetes de porcelana são uma das alternativas mais discretas e agradáveis. Além do mais, eles têm um formato semelhante ao modelo metálico. A porcelana permite que o aparelho seja parecido com a tonalidade do esmalte dentário. Isso faz com que ele seja quase imperceptível. Uma das suas maiores vantagens é a resistência e a sua aderência aos dentes. 

Os bráquetes de porcelana são opções mais caras, e é necessário ir ao dentista regularmente para realizar a manutenção e as trocas das borrachas, já que elas podem manchar ao consumir certos alimentos. 

Policarbonato 

O policarbonato foi um dos primeiros materiais esteticamente agradáveis, já que apresenta uma tonalidade parecida com a dos dentes. Ainda, é preciso destacar que é uma das opções mais econômicas, mas o material pode ser quebrado e manchado com facilidade. É recomendado para os pacientes que precisam realizar um tratamento mais simples e em um curto período de tempo. 

Safira 

Os bráquetes de safira são muito conhecidos nas clínicas odontológicas, sendo duráveis e resistentes. Além disso, trata-se de uma das opções mais satisfatórias para quem leva em consideração a estética do sorriso. 

Os aparelhos mais discretos são bastante usados no país. Devido ao seu sucesso e aplicação, a maioria dos dentistas são capazes de inseri-los de forma eficiente e rápida. Nesse sentido, saiba que os bráquetes de safira são transparentes.

No entanto, mesmo que seja a preferência entre os pacientes, o modelo apresenta um custo elevado em comparação a outras alternativas. É válido ressaltar que as suas borrachas também podem manchar, sendo necessário ir ao consultório para realizar a troca. 

O que considerar ao escolher o bráquete ideal para o aparelho ortodôntico? 

Cada tipo de aparelho é indicado para uma determinada situação. Por isso, é fundamental ir a uma clínica odontológica especializada para que o ortodontista indique as opções mais adequadas às suas necessidades. Assim, você poderá utilizar aquela que solucionará o seu problema e garantirá um sorriso bonito e harmonioso. 

Dessa forma, entenda que nem todas as alternativas trarão resultados satisfatórios para o seu quadro. As pessoas que apresentam um problema de desalinhamento mais grave, por exemplo, devem utilizar um aparelho fixo mais resistente. 

Por fim, lembre-se também de que é fundamental frequentar a clínica odontológica para iniciar os cuidados com a saúde bucal e ter uma boa qualidade de vida. Dentes bonitos e saudáveis são primordiais para a saúde de todo o corpo. A utilização de aparelhos ortodônticos vai muito além da questão estética.

Como vimos, existem diferentes tipos de bráquetes no mercado. Todos foram criados para garantir um tratamento eficiente para os pacientes que precisam utilizar o aparelho ortodôntico a fim de deixar os dentes alinhados e funcionais. Não deixe de visitar um especialista para escolher o modelo do bráquete e o material ideal para as suas necessidades. 

Gostou do nosso conteúdo? Então, deixe um comentário no post para sabermos suas principais dúvidas a respeito do assunto!

será que eu preciso de aparelho

Quer receber mais conteúdo como esse de graça?

Cadastre-se para receber nosso conteúdo por e-mail.

E-mail cadastrado com sucesso
Ops! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, verifique se o captcha está correto.

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.