Agende sua avaliação

Gengiva inchada e doendo: descubra o que pode ser

Tempo de leitura 6 min

Você já se pegou com a gengiva inchada e doendo e se perguntou por quê? Já adianto que não é algo para ignorar! A saúde da nossa gengiva pode indicar muito sobre o estado geral da boca.

Neste post, descubra os mistérios por trás desse incômodo na gengiva e aprenda a lidar com isso. Siga a leitura e entenda mais sobre o assunto!

Por que é importante prestar atenção na gengiva inchada e doendo?

Muitas vezes, sentir dor na boca é um sinal de alerta para avisar que algo não está bem. Por isso, ao notar que a sua gengiva está inchada e dolorida, é importante que você repense os seus hábitos de cuidados e também procure um dentista de confiança.

O que pode causar gengiva inchada e doendo?

Já vale adiantar que estar com a gengiva inchada e doendo não é natural e que há diversas causas possíveis para essa problemática, como o acúmulo de alimentos, início de gengivite, cáries e outros problemas. Quer ir a fundo nesta investigação? Confira quais são as principais causas!

Acúmulo de placa bacteriana e tártaro

A placa bacteriana é como uma camada grudenta que se forma nos dentes e na gengiva. Isso acontece quando as bactérias se aproveitam dos restos de comida que ficam na boca após as refeições. Se essa placa não for removida, pode causar cáries e problemas nas gengivas.

Agora, o tártaro é como uma pedrinha mineral que gruda nos dentes. Ele surge quando a placa bacteriana endurece e se transforma em algo parecido com uma pedra. Esse tártaro gruda nos dentes e, se não for removido, pode causar estragos, como cáries e inflamações nas gengivas.

Quando a placa bacteriana e o tártaro decidem ficar na boca, podem causar problemas como cárie dentária e inflamação da gengiva, conhecida como gengivite. E nesse caso, a gengiva começa a inchar e doer.

Gengivite

A gengivite é como uma irritação na gengiva. Ela fica inflamada, principalmente perto dos dentes e entre eles. Como ela mostra que está irritada? Com dor, mudança de cor (fica vermelhinha ou até roxa) e sangramento ao escovar os dentes ou usar fio dental. Parece que a gengiva está inchada e sensível, podendo até recuar (“dentes descarnados”).

Mas pode se tranquilizar, a gengivite tem cura! Basta descobrir e tratar corretamente. Se não cuidarmos direito, ela pode se transformar em periodontite, e aí a situação complica.

Periodontite

A periodontite é como um estágio mais avançado da gengivite. Aqui, não é só a gengiva que está irritada, mas também os ossos e ligamentos que sustentam os dentes.

A gengiva começa a descer, sangrar facilmente e, entre o dente e o osso, podem se formar bolsões que só ajudam a acumular mais sujeira. Às vezes, até abcessos aparecem, deixando a gengiva inchada e cheia de pus.

Com o tempo, a periodontite pode fazer os dentes balançarem e mudarem de lugar. Essa é uma situação séria e, quanto antes tratado, melhor!

Cárie dentária

A cárie dentária é um problema contagioso que faz os tecidos duros do dente se desfazerem. Se não tratada, a cárie vai fundo, atinge a parte interna do dente, pode causar uma infecção e a gengiva fica visivelmente inchada, exigindo tratamento urgente.

Abscessos

Os abcessos são como bolinhas de infecção e podem aparecer por causa de cáries ou problemas nas gengivas. A gengiva fica inchada, podendo variar de moderadamente inchada a muito inchada, dependendo da situação. Às vezes, até chega a causar até febre e mal-estar.

Aparelho ortodôntico e prótese dentária

Se você usa aparelho ortodôntico, pode ser que ele cause um pouco de inchaço na gengiva, principalmente se não estiver bem ajustado. Já com uma prótese dentária, pode acontecer o mesmo.

No início dos tratamentos, a gengiva pode “reclamar” um pouco, mas é só ela se acostumar. Se o inchaço persistir ou aumentar, melhor visitar o seu dentista para ajustar tudo direitinho.

Aftas

Aftas são aquelas feridinhas chatas na boca que podem aparecer nas gengivas. Elas doem bastante no início, têm uma parte branca no meio e bordas vermelhas. Mas não se preocupe, geralmente, elas melhoram por conta própria e não são contagiosas.

O que fazer para aliviar a gengiva inchada e doendo?

A gengiva é como um guarda-costas para os dentes, protegendo-os de bactérias e outros invasores. Quando ela está inchada e doendo, é um sinal de alerta. Ainda, pode ser um indicativo de problemas que vão além da boca, afetando até mesmo a saúde geral. Portanto, ignorar esse desconforto não deve ser uma opção!

Agora, veja como aliviar esse desconforto bucal!

Higienizar a boca adequadamente

É sempre bom reforçar a importância dos bons hábitos de higiene bucal, não é mesmo? Caso você esteja com dor e com a gengiva inchada, a primeira ação que deve ser tomada é redobrar os cuidados bucais. Escove os dentes, pelo menos, duas vezes ao dia e use fio dental diariamente. Isso ajuda a remover a placa bacteriana e previne problemas na gengiva.

Enxaguante bucal antisséptico

Ainda falando sobre a higienização bucal, utilizar um enxaguante bucal antisséptico pode ajudar a reduzir a quantidade de bactérias na boca. Dessa maneira, você garante que a irritação na gengiva seja aliviada com sucesso! Lembre-se, porém, de escolher um enxaguante bucal sem álcool para evitar ressecamento.

Compressas frias

A sua gengiva está muito inchada? Uma boa ideia para correção rápida é aplicar compressas frias na área afetada, já que elas podem ajudar a reduzir o inchaço e aliviar a dor presente no local. Para isso, use uma bolsa de gelo envolvida em um pano limpo.

Evitar alimentos e bebidas irritantes

Não é novidade para ninguém que a alimentação é uma aliada na saúde bucal, certo? Alimentos e bebidas muito quentes, frios, condimentados ou ácidos podem piorar o desconforto na gengiva, por isso, evite-os até que a situação da sua gengiva melhore.

Cuidar da gengiva inchada e doendo demanda atenção imediata. Caso os sintomas persistam, é crucial buscar a avaliação minuciosa de um dentista. Não subestime os sinais que sua gengiva está dando! Zelar pela saúde bucal é essencial para sorrir com confiança!

Se quiser saber mais sobre a saúde da gengiva, continue por aqui e aprenda sobre as principais causas do sangramento na gengiva!

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.