Escala de cores de dentes ao fazer um implante: como alinhar com o dentista?

Tempo de leitura 5 min

O sorriso é um dos fatores com maior impacto no bem-estar pessoal. Afinal, quem não gosta de ter dentes bem cuidados e belos? Essa é a importância de uma boa saúde oral para a vida de um indivíduo. Entretanto, existem diversas situações em que há perda da cor natural, amarelamento e fraturas dentárias.

Com isso, a opção por tratamentos como o implante pode ser uma forma prática de recuperar o sorriso natural. Neste post, você vai entender um pouco mais sobre a importância de conhecer a escala de cores de dentes e identificar o tom mais correto para transformar o seu sorriso. Preparado?

Qual a cor de um dente saudável?

Antes de compreender o que é a escala de cores e como funciona esse processo, é muito importante ter um conhecimento sobre qual a cor normal de um dente saudável. Na área da saúde, chamamos esse quadro de fisiológico. Ou seja, aquilo que é natural e normal do organismo humano.

Pois bem, a cor do dente de uma pessoa saudável depende muito de cada indivíduo. Isso não permite afirmar um padrão único e dominante. A coloração é determinada por características genéticas e hereditárias. Por isso, vamos encontrar dentes amarelados que são saudáveis, sendo essa cor resultante apenas de uma má higienização.

Um detalhe que poucas pessoas conhecem é o fato de que os dentistas não trabalham com a cor branca na sua escala de graduação. Isso quer dizer que os dentes brancos não são uma coloração natural do nosso sorriso. As tonalidades utilizadas são: amarelo avermelhado, marrom avermelhado, cinza avermelhado e acinzentado. Além disso, um mesmo dente pode demonstrar diferentes padrões de coloração.

Por que é importante conhecer a escala de cores de dentes?

É muito provável que você nunca tenha ouvido falar sobre esse assunto. A escala de cores de dentes é nada mais do que um conjunto de tonalidades a serem obtidas em um tratamento dentário.

Nessa escala, há cores claras, médias e escuras. Ela é uma representação das tonalidades naturais encontradas nos nossos dentes. Assim, permite que haja um resultado final mais harmônico e similar aos dentes saudáveis que o paciente já tem. Como já foi dito logo acima, a cor branca não é natural, mas é amplamente utilizada em implantes dentários.

Na escala de cores de dentes, as siglas BL1 e BL2 correspondem a essa tonalidade mais branca. Só que nem sempre essa é a melhor escolha, pois pode deixar o sorriso muito falso e destoante do original. Esse é um dos pontos mais importantes na hora de compreender o uso da escala de cores de dentes, já que ela permite chegar a um resultado final que priorize a harmonia estética.

Cores de dentes mais naturais

Comparativamente às cores BL1 e BL2, as BL3 e BL4 também são muito bonitas e claras. Entretanto, elas são mais naturais e com um tom de branco significativamente mais leve. Outro fator que pesa muito é a idade do paciente. Esse fator deve ser levado em conta, já que dificilmente um indivíduo na terceira idade terá dentes nas cores BL1, BL2, BL3 e BL4. É possível alcançar cores mais claras em pacientes jovens, chegando às escalas B2 e A2, por exemplo, do que em idosos.

Powered by Rock Convert

Quais as dicas práticas para fazer a escolha certa de cores?

Existem algumas dicas muito interessantes para quem pretende realizar um tratamento harmônico e com o alcance de um padrão estético muito bom. Para isso, o paciente deve ficar atento a alguns pontos. Veja a seguir.

Observe a cor antiga dos dentes

Todo tratamento odontológico visa alcançar um resultado o mais natural possível. Por isso, é muito importante verificar o padrão de cor antiga dos dentes. A partir disso, podem ser feitas intervenções para restaurar o brilho natural e alcançar uma harmonia no seu sorriso.

Faça comparações

Outra dica muito válida é a realização de comparações para chegar ao modelo final de tonalidade. É importante uma atuação do dentista para alinhar qual o padrão mais próximo do dente que vai passar por um processo de implante. Basear-se em outros é uma forma prática e efetiva de conhecer melhor o padrão dentário.

Peça a opinião do profissional

O dentista é a ferramenta fundamental para o alcance do sucesso no tratamento. Então, nada mais justo do que pedir um aconselhamento na hora de realizar qualquer tipo de procedimento. A vivência diária e a experiência do profissional podem fazer com que você perceba detalhes antes tidos como irrelevantes, mas que têm grande peso no resultado final.

A opinião do dentista é sempre a mais sensata possível. Isso evita que ele seja guiado por padrões de beleza divulgados ou sorrisos tidos como perfeitos em revistas e outras mídias. Assim, ele consegue agir de forma profissional e muito alinhada com os aprendizados acumulados ao longo da sua carreira.

Priorize a harmonia estética

Ao longo de todo o texto, você pôde perceber como a harmonia estética tem um peso importantíssimo no tratamento. É preciso que o implante esteja alinhado com toda a arcada dentária e proporcione um sorriso saudável e harmônico.

Se você ignora alguns dos pontos citados, pode ser que o seu tratamento não alcance o resultado esperado, e isso pode gerar diversos prejuízos, desde os financeiros até os psicológicos. A opinião do profissional dentista tem um peso muito importante para que a escolha da cor dos dentes seja a mais adequada ao seu perfil. Procure sempre ouvir o que ele tem a dizer e analise as possibilidades mais interessantes para o seu implante.

Naturalidade e harmonia são as duas palavras-chave para quem está pensando em passar por algum tratamento odontológico. Evite se inspirar em sorrisos de famosos e outras pessoas, pois cada indivíduo é único. O seu sorriso pode ser rejuvenescido e sua vida transformada. Pense sempre nisso!

Agora que você já conheceu tudo sobre a escala de cor de dentes, tenho mais um material exclusivo para te auxiliar na escolha da tonalidade ideal de um dente saudável. A leitura é rápida e muito informativa. Não perca mais tempo e confira agora mesmo!

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.