Agende sua avaliação

Cera ortodôntica: como usar e quando é recomendada?

Tempo de leitura 6 min
O que você sabe sobre saúde bucal? Venha descobrir!

Quem faz tratamento ortodôntico com uso de aparelho fixo precisa lidar frequentemente com os possíveis incômodos que essa estrutura causa na boca. Para contornar esse problema, é importante saber o que é a cera ortodôntica, como usar esse material da forma correta e como ele pode fazer a diferença no dia a dia.

Especialmente na fase inicial do tratamento, quando ainda é preciso se adaptar ao aparelho, é muito comum que ocorra a formação de aftas, além de machucados na parte interna da boca. A cera ortodôntica é, então, uma ótima aliada nesse processo, desde que você saiba como usá-la apropriadamente.

Pensando nisso, preparamos este post para ajudar a tirar as dúvidas sobre a cera ortodôntica e como usar esse material. Confira!

O que é cera ortodôntica?

A cera ortodôntica é uma massinha que funciona como uma proteção macia para evitar que a estrutura metálica do aparelho machuque o interior dos lábios e bochechas. Ela é feita de cera natural, como cera de abelha, carnaúba ou parafina. Por isso, não há perigo para a saúde, caso a pessoa engula um pedaço acidentalmente, por exemplo.

Trata-se de um recurso simples que consegue evitar desconfortos e até mesmo arranhões na boca, especialmente em emergências. Um exemplo disso é quando um bráquete ou um fio metálico do aparelho se quebra ou desloca. Nessa situação, você pode usar a cera ortodôntica para proteger a área até a próxima consulta odontológica.

A massinha para aparelho, como a cera ortodôntica é muito conhecida, é comercializada em cartelas, com bastões ou unidades individuais para serem aplicadas. A depender do fabricante, ela pode ser neutra ou ter algum sabor, que geralmente são de menta ou frutas, como cereja e morango.

Quando o uso desse material é recomendado?

O uso da cera ortodôntica costuma ser indicado na fase de adaptação do aparelho fixo, ou seja, nos primeiros dias após sua colocação. Esse é o período em que a pessoa ainda precisa se acostumar com o atrito contínuo da estrutura metálica com a parte interna da boca, de modo que os machucados são mais comuns.

Normalmente, os especialistas recomendam aplicar a cera ortodôntica na hora de dormir, já que os movimentos involuntários durante o sono facilitam a ocorrência de lesões bucais. Com o tempo, no entanto, a própria mucosa da boca começa a ganhar mais resistência, reduzindo as chances de machucados e, portanto, a necessidade de aplicar a proteção.

Conhecer a cera ortodôntica e como usar também é muito útil, como dissemos, em casos de emergências. Quando os fios e bráquetes começam a causar cortes na região, é interessante utilizar o material para evitar machucados mais graves até que o problema na estrutura do aparelho possa ser solucionado.

Como usar a cera ortodôntica corretamente?

Para não ter erro na hora de usar a cera ortodôntica, separamos algumas dicas:

  • identifique de qual área da boca vem o incômodo. Isso é importante porque você só precisa aplicar a cera nesse local, e não em todo o aparelho;
  • lave bem as mãos e escove os dentes para evitar o contato da cera com germes;
  • com uma toalha ou pano limpo, seque o local onde a cera será aplicada para facilitar a fixação do material;
  • separe um pequeno pedaço da cera ortodôntica — do tamanho de um grão de ervilha, mais ou menos — e aperte com os dedos para que amoleça;
  • forme uma bolinha com a cera e aplique-a delicadamente sobre a parte do aparelho que está causando o desconforto;
  • passe a língua no local da aplicação para sentir se toda a área incômoda foi coberta pela cera.

Além dos cuidados na hora de preparar a cera ortodôntica e como usar, vale destacar que esse material costuma permanecer fixo por cerca de 12 a 24 horas. Também é normal que se solte um pouco na hora da alimentação.

Assim, é importante escovar os dentes, inclusive com uso de uma escova interdental, e passar o fio dental para remover todos os resíduos da cera, bem como dos alimentos. Após a higienização bucal, você pode aplicar um novo pedaço de cera no lugar.

Quais são os benefícios da cera ortodôntica?

Saber o que é a cera ortodôntica e como usá-la adequadamente oferece diversos benefícios. A seguir, listamos os principais:

  • proteção contra lesões — os machucados pelo uso do aparelho fixo são comuns, principalmente na fase inicial, e aplicar a cera é uma forma de preveni-los;
  • conforto — lidar com a dor das lesões é um transtorno no dia a dia, o que faz com que a cera seja uma solução muito bem-vinda para amenizar o problema;
  • possibilidade de adaptação — a cera ortodôntica pode ser aplicada em qualquer parte do aparelho que gera incômodo, dos bráquetes aos fios metálicos;
  • segurança — o material não causa danos se for ingerido por acidente;
  • aplicação simples — a cera ortodôntica pode ser aplicada com muita facilidade, em casa, pelo próprio paciente.

Embora a cera ortodôntica ofereça todos esses benefícios, é importante lembrar que nem todo tratamento ortodôntico exige esse tipo de cuidado para evitar lesões e dores na boca. Um ótimo exemplo são os alinhadores invisíveis, um modelo de aparelho que consiste em uma placa transparente e removível.

Com um alinhador invisível, não há necessidade de bráquetes e fios metálicos. Desse jeito, também não acontecem machucados e dores que levam ao uso da cera ortodôntica. Nesse tratamento, os dentes são alinhados com muito mais conforto ao longo de todo o processo.

Os alinhadores ainda oferecem outras vantagens, como a discrição, já que são transparentes, e a maior facilidade no momento da higienização bucal. Basta retirar o dispositivo para fazer uma limpeza minuciosa, tanto nesse material quanto na boca.

Como você viu, é importante entender o que é a cera ortodôntica e como usar, mas também vale a pena conhecer outras alternativas ao aparelho fixo. O ideal é consultar o dentista para saber quais são as possibilidades de tratamento para o seu caso e, assim, escolher o caminho mais adequado.

Então, conseguiu tirar as dúvidas sobre a cera ortodôntica? Para continuar se informando, leia também o nosso post sobre o que acontece se você parar de fazer manutenção no aparelho!

será que eu preciso de aparelho

Quer receber mais conteúdo como esse de graça?

Cadastre-se para receber nosso conteúdo por e-mail.

E-mail cadastrado com sucesso
Ops! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, verifique se o captcha está correto.

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.