Agende sua avaliação

O que é pH bucal e quais fatores podem alterá-lo?

Tempo de leitura 6 min

Assim como os dentes e a língua, o pH bucal exerce um papel superimportante na boca. Basicamente, ele mantém o equilíbrio na cavidade bucal para evitar o surgimento de lesões e a proliferação de microrganismos que causam doenças.

O pH (potencial de hidrogênio) é uma escala usada para indicar a alcalinidade ou acidez de uma substância. Desse modo, quando falamos de pH bucal significa que é possível obter tal medida na boca. Isso porque a saliva é a grande responsável por nos fornecer essa informação.

Alguns fatores podem alterar o pH da boca. Quer saber quais são eles? Continue a leitura deste post!

Qual a relação da saliva com o pH bucal?

A saliva possui uma série de funções como, por exemplo, contribui para o reparo dos tecidos, controla processos inflamatórios, ajuda na digestão dos alimentos e até mesmo protege estruturas da boca, como os dentes. Além disso, ela possui o mecanismo tampão, ou seja, ela permite que o pH bucal fique equilibrado.

Qualquer mudança na alimentação e rotina poderá afetar o equilíbrio do pH bucal. Isso acontece porque geralmente esse pH salivar é neutro (entre 5,6 e 7,9) e, quando o indivíduo adquire hábitos não saudáveis, o equilíbrio da boca pode mudar.

O que altera o pH da boca?

Alimentos ácidos

A saliva pode se tornar ácida com o consumo diário de alimentos ácidos. Quer exemplos? Abacaxi, limão e até mesmo refrigerante irão afetar o pH bucal. Isso acontecerá porque essa saliva não consegue ter o intervalo necessário para retornar ao seu estado neutro.

Escovação logo após terminar de comer

Há um grande erro quando a escovação é feita logo após uma refeição. Sabe por quê? Se você escova logo, a saliva não consegue neutralizar os restos de alimentos que ficaram na boca. Além do mais, como o creme dental possui substâncias mais abrasivas e ácidas, o pH bucal ficará comprometido.

Medicamentos

Alguns medicamentos alteram o equilíbrio bucal e, dessa forma, afetam o pH. Dessa maneira, podem surgir diversas consequências, como:

  • lesão na mucosa bucal;
  • alteração do fluxo salivar;
  • lesões dentárias.

Tabagismo

Não é novidade que o tabagismo é um grande vilão na área da saúde. Se uma pessoa é fumante ela está prejudicando a saúde bucal de várias formas, afinal, as substâncias presentes no tabaco vão afetar até o pH bucal.

Bulimia

Entre os vários distúrbios, a bulimia é um exemplo claro de doença que afeta o equilíbrio salivar. A exposição frequente da boca à acidez do vômito afeta o pH. Sendo assim, é importante dar atenção a boca se a pessoa apresenta esse tipo de problema de transtorno alimentar.

Como o pH afeta a saúde bucal?

Se o pH está alterado, isso reflete em toda a saúde bucal. Então, é possível que alterações apareçam. Veja algumas delas!

Doenças bucais

A xerostomia (boca seca) e o surgimento de doenças causadas por fungos, como a candidíase bucal, são exemplos de problemas que podem surgir devido à alteração do pH bucal.

Erosão dentária

A superfície dentária é muito resistente e feita, em grande parte, de minerais. Acontece que mesmo tendo tamanha rigidez, o pH ácido pode causar erosão nos dentes. Logo, essa perda de estrutura dentária pode causar grandes danos estéticos, funcionais e dor.

Sensibilidade

A desmineralização dos dentes causada pelo ambiente ácido pode causar a sensibilidade. Então, se uma pessoa tem o pH mais ácido, isso pode causar grandes danos na superfície dentária.

Doenças gengivais

Os efeitos do pH bucal também podem ser vistos na gengiva. Tal fato pode ser afirmado porque uma gengiva saudável habita um espaço equilibrado. Se a boca está em desequilíbrio salivar, todas as estruturas sentem, inclusive o tecido gengival.

Então, doenças como gengivite e periodontite podem surgir e comprometer ainda mais a saúde do paciente.

Cárie

Basicamente, a cárie é causada pela associação do meio bucal, maus hábitos de higiene e consumo inadequado de alguns alimentos. Logo, uma boca ácida permite que as bactérias destruam a superfície dental, causando a cárie.

Aftas

Essas lesões são muito comuns e incomodam bastante. Ter um ambiente ácido é a principal forma para elas aparecerem. Portanto, fique esperto se surgir essa lesão na sua boca, pois pode indicar que sua saliva não está normal.

O que fazer para reequilibrar o pH bucal?

Temos algumas dicas valiosas para você manter o cuidado com sua saúde bucal e, desse modo, colaborar com a saliva para ter um pH bucal adequado. Veja

Mantenha uma dieta equilibrada

Evite consumir alimentos ácidos. Caso você não consiga abrir mão, tente não exagerar no consumo desses alimentos. Além disso, foque em uma alimentação saudável e rica em alimentos naturais, isso, com certeza, vai levar sua saúde para um excelente estado de bem-estar.

Cuidado na higiene bucal

Sempre aguarde de 20 a 30 minutos para realizar a higienização da boca após as refeições. Isso vai permitir que a saliva realize o efeito de tamponamento e o equilíbrio seja restabelecido no pH bucal.

Tenha cuidado com o uso de medicamentos

Converse com seu médico sobre os efeitos colaterais dos medicamentos prescritos. Hoje em dia, há várias soluções para minimizá-los ou evitá-los.

O cirurgião-dentista é o profissional mais indicado para atuar no controle desse desequilíbrio bucal. Ele poderá indicar o uso de medicamentos que auxiliam no controle da boca seca e na produção excessiva de saliva, por exemplo, que são fatores que alteram o pH bucal.

Tudo depende da procura pelo profissional e um diagnóstico correto.

Evite fumar e consumir bebidas alcoólicas

Eliminar essas duas coisas pode melhorar muito a sua qualidade de vida. A saliva, com certeza, vai se beneficiar da ausência desses hábitos, e a saúde, tanto bucal quanto sistêmica, será mais próspera.

Hidrate-se bastante

Água é vida. Você já deve ter ouvido essa frase, certo? Então, não esqueça de consumir diariamente, pelo menos 2 litros de água. Isso ajudará a neutralizar a acidez e, assim, controlar o pH bucal.

Em resumo, o pH bucal tem um papel de extrema importância para a saúde oral. Portanto, se você tem notou algo diferente na ou se já faz um tempo que não vai ao dentista, procure o consultório odontológico para receber as orientações necessárias.

E então, gostou deste post? Aproveite a visita no blog e descubra também se o enxaguante bucal faz mal!

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.