Agende sua avaliação

O que caracteriza dentes sensíveis? Conheça as formas de tratamento!

Tempo de leitura 6 min
O que você sabe sobre saúde bucal? Venha descobrir!

Saber porque os dentes ficam sensíveis é importante para iniciar o tratamento precoce ou tomar medidas corretivas com a ajuda de um dentista. Esse assunto é bem complexo e causa muitos transtornos nas atividades cotidianas.

Isso porque, a presença de dentes sensíveis é uma condição mais comum do que se pensa. Fatores como o desgaste do esmalte dentário podem levar ao surgimento do problema que causa bastante incômodo, sobretudo durante o consumo de alimentos gelados.

A boa notícia é que esse distúrbio tem tratamento e existem maneiras de evitar o seu aparecimento ou retorno da condição.

Neste artigo, vamos te mostrar quais são os sintomas característicos, as causas mais comuns e como cuidar desse problema.

E você, quer saber mais por que os dentes ficam sensíveis? Então, fique por aqui e aprenda mais sobre esse assunto. Boa leitura!

O que são dentes sensíveis?

A sensibilidade dentária é uma condição que ocorre quando há a exposição da superfície da dentina, uma camada mais interior dos dentes que é protegida da ação de fatores externos pelo esmalte dentário.

Quando ocorre o desgaste dessa estrutura protetora, a dentina fica exposta, causando os sintomas de desconforto e dor latejante, atrapalhando a realização das tarefas cotidianas e profissionais.

Como a dentina está ligada a parte das conexões nervosas, quando ocorre lesão nessa área, o processo inflamatório se instala e o indivíduo percebe a dor que pode ser de forma leve a intensa além de outros sintomas.

O sintoma mais comum dos dentes sensíveis é a sensação incômoda e, às vezes dolorida, ao consumir alimentos muito quentes, frios ou ácidos. Em alguns casos, o simples ato de respirar ar frio pode levar à sensibilidade sentida.

Quais são suas principais causas?

Existem diversas causas possíveis para o surgimento da hipersensibilidade dentinária, nome técnico da condição. A principal delas é o desgaste do esmalte dentário, também conhecido como erosão dentária.

O esmalte dentário é uma camada que protege as estruturas internas do dente, sobretudo a dentina que recobre a polpa do dente, e esse processo ocorre lentamente ao longos dos anos ou desencadeado por um trauma específico na região.

O desgaste excessivo dessa estrutura pode levar à exposição dessa área, o que causa a sensação de sensibilidade — além da possibilidade do surgimento de outras condições mais graves.

Dependendo do tamanho da erosão dentária e do perfil clínico do paciente, a situação pode se agravar a ponto de haver uma contaminação microbiana mais complexa, e necessitando de cuidados clínicos ambulatoriais ou hospitalares.

Diversos fatores podem ocasionar esse processo, como o consumo excessivo de alimentos e bebidas ácidas, que facilitam a corrosão e uma escovação muito forte e abrasiva e muito vigorosa.

A presença de outras doenças, como bulimia e refluxo gastroesofágico, também podem levar ao quadro, devido a grande possibilidade de retorno do ácido estomacal, evidenciado pelos constantes vômitos e alimentos previamente digeridos, que são os sintomas das doenças citadas.

Outra causa importante é o bruxismo, relacionado ao movimento de ranger fortemente os dentes, causando desgastes da estrutura ao longo do tempo. Esse problema deve ser tratado com um equipe multidisciplinar, pois existem fatores clínicos e psicológicos envolvidos.

Muitas vezes a presença desse desgaste é identifica pela descoloração dos dentes e o próprio surgimento da sensibilidade dentária, que o indivíduo percebe o incômodo está acontecendo de forma constante.

Outras causas incluem:

·        presença de cáries;

·        doenças periodontais;

·        retração gengival;

·        fratura nos dentes;

·        restaurações desgastadas.

Como tratar e prevenir o surgimento de sensibilidade nos dentes?

A boa notícia para quem sofre com esse problema é que dentes sensíveis têm cura e podem ser evitados a partir de simples ações. Confira:

Como tratar

Uma vez que se conheça o porque os dentes ficam sensíveis, é importante buscar ajuda odontológica para discutir sobre os tratamentos mais apropriados

Conheça algumas opções, a seguir:

Aplicação de verniz de flúor nas áreas expostas

A aplicação de verniz de flúor é uma opção interessante pois contribui para mineralizar o esmalte, protegendo a dentina de novas agressões. No entanto, o tempo de exposição e quantidade devem ser definidos pelo dentista.

Aplicação de espuma ou gel de flúor

Outro método para aplicar o flúor na parte mais sensível dos dentes, sendo também um procedimento recomendado e realizado por dentistas com experiência e conhecimento no assunto.

A aplicação é simples, durante em torno de 3 a 5 minutos, porém como se trata e alta concentração de flúor, é crucial um acompanhamento do dentista para evitar problemas dentários.

Aplicação de laser

A laserterapia é uma modalidade recente de tratamento para dentes sensíveis e tem mostrado bons resultados clínicos. Trata-se da aplicação de um laser de baixa frequência, o que impede que o calor gerado possa danificar a estrutura dentária.

Portanto, é uma alternativa segura, desde que seja feito por profissionais experientes, com infraestrutura adequada, principalmente em relação a manutenção preventiva e corretiva do aparelho.

Como prevenir

1. Escolha uma escova adequada

Escovas muito duras podem causar uma limpeza muito forte e abrasiva, levando ao desgaste dentário que causa a sensibilidade. É fundamental optar por escovas mais macias e seguir as recomendações do dentista de higiene bucal.

2. Evite o consumo de alimentos e bebidas ácidos

Alimentos e bebidas ácidos podem levar ao surgimento ou agravamento da condição. Moderar o consumo é uma excelente maneira de evitar a erosão dentária e reduzir os seus efeitos indesejáveis.

3. Busque ajuda de um dentista

Somente um odontologista poderá identificar as causas para o surgimento de dentes sensíveis e o principal tratamento, que pode incluir a resolução de outras doenças relacionadas ao problema, como nos casos de retração gengival e doenças periodontais.

É muito importante também manter o acompanhamento periódico com o profissional para evitar o retorno do problema, além de seguir corretamente todas as recomendações corretivas e preventivas.

Assim, é possível ter um sorriso mais bonito, saudável e livre do desconforto causado pelos dentes sensíveis.

Saber por que os dentes ficam sensíveis e quais são as principais formas de tratamento é interessante para quem sofre ou está sofrendo com esse problema. No entanto, também é fundamental ficar atento as medidas preventivas para evitar a sensibilidade dentária que muitos transtornos cotidianos além do custo dos tratamentos realizados, que devem ser feitos em clínicas ou consultórios de profissionais experientes no assunto.

E aí, gostou do artigo? Então, não deixe de compartilhar essa informação com seus amigos nas redes sociais!

será que eu preciso de aparelho

Quer receber mais conteúdo como esse de graça?

Cadastre-se para receber nosso conteúdo por e-mail.

E-mail cadastrado com sucesso
Ops! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, verifique se o captcha está correto.

2 Comentários

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.