Meu dente quebrou, e agora? Como resolver?

Tempo de leitura 3 min

A preocupação comum diante da dúvida “Meu dente quebrou, o que fazer?” é bastante compreensível, uma vez que essa fratura pode prejudicar não só a estética do sorriso, mas também a mastigação. O mais importante é não entrar em pânico e procurar orientações sobre como resolver o problema.

Existem vários tipos de fratura nos dentes que demandam tratamentos simples. Contudo, para que a situação não se agrave, é importante não aplicar soluções caseiras a fim de recolocar fragmento do dente por conta própria

A seguir, vamos esclarecer quais são as principais causas do dente quebrado, os diferentes tipos de fratura e o que fazer se esse problema acontecer com você ou com pessoas próximas. Confira!

Quais são as formas de fratura no dente?

Qualquer lesão na estrutura do dente pode ser considerada um trauma dentário. Porém, há várias formas de fratura, das mais simples até as mais severas:

  • fratura no esmalte dentário: esse tipo de fratura é a mais leve de todas e pode ser facilmente reconstruída por meio de uma restauração rápida e simples;
  • fratura no esmalte e da dentina: é a fratura que atinge a camada abaixo do esmalte, a dentina, o que pode gerar mais sensibilidade. A restauração é simples pode ser feita em resina ou porcelana;
  • subluxação: fratura que afeta os tecidos de sustentação do dente e que pode mudar a sua posição ou deixá-lo mole;
  • fratura no nervo: é um tipo de fratura que pode deixar o dente exposto a bactérias, provocar a perda da sua vitalidade e nutrição. O tratamento de canal é o mais recomendável;
  • fratura na raiz: é um dos casos mais graves de fratura, para qual é recomendada a extração do dente e colocação de um implante.

Meu dente quebrou, o que fazer?

Se você se deparou com o dente quebrado, procure um serviço de emergência odontológica. Mas, até lá, é preciso tomar alguns cuidados para não piorar a situação. Vejamos as principais orientações a seguir:

Limpe a região quebrada

Se na região da fratura há uma hemorragia, faça a limpeza para evitar o acúmulo de sujeira. É recomendado realizar um bochecho com água com sal ou com enxaguante bucal para evitar a proliferação de bactérias.

Guarde o pedaço do dente

Se você perdeu um pedaço do dente e conseguiu encontrá-lo, guarde o fragmento em um pote de vidro com soro fisiológico. Em seguida, leve-o para o dentista. 

Quais são as causas da fratura?

Muitas pessoas acabam quebrando o dente em uma queda ou colisão durante atividades de impacto. Mas há outras situações que podem provocar essa fratura, como:

  • mau posicionamento dentário: a falta de organização da arcada dentária prejudica a mastigação, gerando desgaste de alguns dentes, tornando-os enfraquecidos e suscetíveis a fraturas;
  • bruxismo: o hábito de ranger os dentes provoca o desgaste da arcada dentária, aumentando o risco de desenvolver fraturas;
  • restaurações nos dentes mal feitas ou antigas: é uma situação que deixa a região do dente exposta, mais sensível e suscetível à quebra.

“Meu dente quebrou, o que fazer?”: agora você conhece os principais fatores que levam à fratura e como proceder nessa situação. Mesmo se a quebra for pequena ou quase imperceptível, busque ajuda especializada. O dentista investigará as possíveis causas, identificará se existem outros problemas na saúde bucal e indicará o melhor tratamento. 

Gostou do conteúdo? Você por acaso já observou o surgimento de manchas nos dentes? Descubra como eliminar esse problema e quais são os seus fatores de risco.

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.