Agende sua avaliação

Cálculo dental: o que é e como se forma?

Tempo de leitura 6 min

O cálculo dental, também conhecido como tártaro, exige atenção quando falamos da saúde bucal. Trata-se de uma placa bacteriana endurecida que se forma nos dentes e ao longo da linha da gengiva. Apesar de ser uma ocorrência natural, sua presença pode acarretar problemas sérios, como cáries, gengivite e até mesmo a perda dos dentes.

Nesta exploração sobre o cálculo dental, mergulharemos no que é exatamente essa formação, como ela se desenvolve e suas implicações na saúde bucal. Continue a leitura e confira!

O que é cálculo dental e quais são as suas causas?

O cálculo dental, frequentemente chamado de tártaro, é uma acumulação endurecida de placa bacteriana nos dentes. Ela consiste em uma película pegajosa que se forma constantemente nos dentes quando as bactérias presentes na boca interagem com restos de alimentos e saliva.

O tártaro é basicamente uma versão endurecida da placa bacteriana, formando depósitos amarelados ou acastanhados ao redor da linha da gengiva e entre os dentes. Apesar de relacionados, o tártaro é um estágio mais avançado da placa bacteriana e sua remoção requer intervenção profissional, já que não pode ser eliminado apenas com a escovação.

As causas principais para o desenvolvimento do cálculo dental incluem uma higiene bucal inadequada, falta de escovação e uso de fio dental regular, além de fatores como dieta desequilibrada e predisposição genética. É importante destacar que a formação de tártaro não está relacionada apenas à higiene, já que mesmo pessoas que mantêm uma rotina de cuidados rigorosa podem desenvolvê-lo devido a fatores individuais e à composição da saliva.

Como o cálculo dental se forma?

O cálculo dental, ou tártaro, se forma a partir da placa bacteriana, uma película incolor e pegajosa feita de bactérias, resíduos de alimentos e saliva. Quando essa ela não é eliminada naturalmente por meio da escovação e do uso do fio dental, ela se acumula nos dentes e ao longo da linha da gengiva.

Com o passar do tempo, os minerais presentes na saliva se misturam à placa bacteriana. Essa combinação de placa, minerais e outras substâncias na boca forma o tártaro. O processo de mineralização transforma a placa em uma substância dura e calcificada, tornando-se mais difícil de ser removida apenas com a escovação normal.

O tártaro geralmente se desenvolve nas áreas nas quais a higiene bucal é negligenciada, como ao redor da linha da gengiva, entre os dentes e em superfícies dentárias irregulares. Uma vez formado, o tártaro não pode ser removido por métodos de higiene bucal convencionais, necessitando da intervenção de um profissional de saúde bucal, como um dentista ou um higienista dental, para sua remoção por meio de raspagem e limpeza profissional.

Quais os sintomas do cálculo dental?

Os sintomas do cálculo dental podem variar, mas geralmente incluem:

  • manchas amareladas ou marrons: podem ser visíveis nos dentes, especialmente próximas à linha da gengiva;
  • mau hálito persistente: também conhecido como halitose, é comum devido à presença de bactérias acumuladas nos cálculos;
  • gengivas inchadas ou sangramento: a presença de cálculos pode irritar as gengivas, levando a inflamação (gengivite) e sangramento durante a escovação ou uso do fio dental;
  • sensibilidade dentária: à medida que o cálculo se acumula, pode causar sensibilidade ao calor, frio ou pressão nos dentes;
  • desconforto ou dor: em estágios avançados, a acumulação de cálculos pode causar dor ou desconforto, especialmente se houver infecção ou inflamação das gengivas.

É importante notar que nem sempre os cálculos dentais apresentam sintomas óbvios. Por isso, consultas regulares ao dentista para limpezas profissionais e exames são essenciais para prevenir e tratar problemas dentários, incluindo o acúmulo de cálculos.

Como ele pode ser retirado?

A remoção do tártaro é realizada por um profissional de saúde bucal, como um dentista ou um higienista dental, por meio de um tratamento denominado raspagem e limpeza profissional. Existem algumas técnicas utilizadas. Veja abaixo.

Raspagem

O profissional utiliza instrumentos específicos, como curetas e ultrassom, para remover manualmente o tártaro das superfícies dos dentes, tanto acima quanto abaixo da linha da gengiva. Esse processo pode gerar um som característico durante o uso do ultrassom, mas não costuma ser doloroso.

Alisamento radicular

Dependendo do contexto, após a remoção do tártaro, pode ser necessário fazer um alisamento das raízes dos dentes para remover irregularidades que poderiam favorecer a acumulação de placa bacteriana no futuro.

Esses procedimentos não apenas removem o tártaro visível, mas também auxiliam na eliminação de bactérias que podem estar causando problemas de gengiva ou outros problemas bucais. Geralmente, após a limpeza profissional, é recomendado manter uma rotina adequada de higiene bucal em casa para prevenir o acúmulo futuro de placa bacteriana e tártaro.

Como prevenir o cálculo dental?

A prevenção do cálculo dental é essencial para manter a saúde bucal. O cálculo, ou tártaro, é uma placa bacteriana endurecida que se forma nos dentes e gengivas, levando a problemas como cáries, gengivite e mau hálito. Por isso, uma rotina consistente de cuidados bucais pode ajudar a prevenir sua formação. Veja a seguir algumas dicas sobre como prevenir essa doença.

Escovação adequada

É recomendado escovar os dentes duas vezes por dia, idealmente após as refeições, utilizando uma escova de cerdas suaves e pasta de dentes com flúor. Preste atenção especial à linha da gengiva e aos espaços entre os dentes.

Enxaguantes bucais

Alguns enxaguantes bucais podem ajudar a reduzir a quantidade de bactérias na boca. Procure enxaguantes que contenham flúor ou compostos antibacterianos.

Alimentação saudável

Reduza a ingestão de açúcar e amido, pois esses tipos de alimentos contribuem para o acúmulo de placa. Prefira uma dieta equilibrada e rica em frutas, vegetais e alimentos ricos em cálcio.

Visitas regulares ao dentista

Consultas periódicas ao dentista são essenciais para limpezas profissionais e exames. O dentista pode identificar precocemente o acúmulo de tártaro e placa, e orientar sobre a higiene oral adequada.

Evite fumar

O tabagismo pode contribuir para o acúmulo de tártaro e placa nos dentes, além de aumentar o risco de problemas bucais.

Beba água

A água ajuda a eliminar os resíduos alimentares e a manter a boca hidratada, auxiliando na prevenção do cálculo dental. Ao seguir essas práticas, é possível reduzir significativamente o acúmulo de tártaro e placa bacteriana, ajudando a prevenir problemas dentários, como o cálculo dental.

E aí? Gostou do post sobre o que é e como prevenir o cálculo dental? Então, não deixe de conferir também nosso post falando sobre as causas do tátaro!

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.