tratamento de cárie

É possível fazer um tratamento para cárie que seja indolor?

Tempo de leitura 9 min

O tratamento para cárie é um procedimento simples e muito procurado nos consultórios, já que é um dos problemas bucais mais comuns, pois, atinge pacientes de todas as faixas etárias, inclusive crianças. Mas você sabe exatamente o que é essa doença e como tirar cárie entre os dentes?

Trata-se, na realidade, de uma deterioração do dente, conhecida popularmente como “dente podre”. O problema ocorre devido à falta de uma boa higiene bucal, pois, quando resíduos alimentares permanecem na boca, eles são transformados em ácido pelas bactérias que se encontram na flora bucal.

Neste post, você entenderá como funciona o tratamento para cárie e como a tecnologia está revolucionando a forma de realizar esse procedimento dentro dos consultórios, além de citar outras informações importantes sobre o problema. Confira!

Quais são os sintomas de um dente cariado?

A mancha escura no local afetado é o sintoma mais comum de um dente cariado, e o tamanho da deterioração é que indica a gravidade do problema. Também é comum que os pacientes sintam dor e sensibilidade quando ingerem alimentos e bebidas, quentes ou gelados.

Mas saiba que ficar com os dentes sensíveis nem sempre significa presença de cárie. Outros problemas de saúde bucal podem provocar a sensibilidade, como a retração gengival. No entanto, é importante marcar uma consulta com o dentista no início das dores e no surgimento da sensibilidade. O diagnóstico precoce evita complicações maiores.

O que acontece se o problema não for tratado rapidamente?

Quando pacientes com cárie não buscam uma solução profissional, a tendência é que o problema evolua e cause ainda mais estragos no dente. Nessas condições, o procedimento tradicional já não é suficiente para resolver o problema. O tratamento de canal é indicado para casos em que a cárie está em um estágio muito avançado.

Contudo, quando o paciente adia por muito tempo a busca por uma solução, nem mesmo o canal é suficiente. Então, é quando o dentista normalmente recomenda a remoção do dente afetado pela cárie.

Como tirar cárie entre os dentes?

Não existe uma forma de retirar cáries em casa. Esse é um risco que pode provocar danos mais sérios para o paciente. Independentemente da gravidade da cárie, é imprescindível a intervenção de um cirurgião-dentista.

Apesar de o tratamento de cárie não ser um procedimento muito complexo, ele necessita da aplicação de anestesia. É justamente por isso que muitos pacientes adiam a visita ao consultório quando desconfiam que estão com o problema.

Após a aplicação da anestesia, o dentista precisa utilizar uma broca específica — que gera o famoso “motorzinho” — para remover a parte afetada pela cárie. Em seguida, o dente precisa ser reconstruído: etapa chamada de obturação ou restauração, que é feita com material específico, dependendo da extensão da cárie e do investimento financeiro do paciente, uma vez que algumas opções apresentam custo mais elevado que outras.

O objetivo da restauração é devolver ao dente afetado suas funções estéticas e mastigatórias naturais, além de evitar infiltrações que provoquem ainda mais transtornos para o paciente.

Como funciona a restauração do dente com cáries?

O tratamento, conhecido popularmente como obturação, é uma restauração dentária após a retirada da cárie. É necessário realizar uma raspagem para remover toda a parte comprometida. Após esse processo, a estrutura interna pode estar exposta, causando sensibilidade e aumentando o risco de complicações.

Para resolver isso, utiliza-se um material para reconstruir a parte retirada, assemelhando-se ao dente natural. A restauração pode ser feita com diversos materiais, como resina composta, cerâmica e, antigamente, amálgama.

Materiais utilizados na restauração

Cada um dos materiais citados anteriormente apresenta vantagens e desvantagens. É uma escolha do dentista selecioná-los de acordo com a dimensão do problema e as preferências do paciente. Confira os principais tipos de restauração:

  • resina composta: de cor semelhante aos dentes, são uma das mais utilizadas atualmente. Sua principal vantagem é o preço mais baixo, no entanto, elas se desgastam com mais facilidade, também podendo manchar com o tempo.
  • porcelana ou cerâmica: frequentemente utilizada para a reconstrução de dentes quebrados, devido sua maior resistência e durabilidade em relação à resina, sendo esse também o motivo porque muitas pessoas escolhem essa opção. A desvantagem fica pelo custo mais elevado.
  • ouro: é rara por custar muito caro. O benefício, no entanto, é sua altíssima resistência, podendo durar até 20 anos.
  • amálgama: muito comum no passado devido ao baixo valor de investimento e grande durabilidade. É feita a partir de uma liga metálica que confere uma tonalidade escura e prateada à restauração, sendo pouco estética. É proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária desde 2019, por causa do risco à saúde causado pelo mercúrio em pró, que era presente nesse material.

Passo a passo do tratamento

A restauração de um dente com cárie é feita seguindo as etapas abaixo:

  1. aplicação de anestesia, para os casos em que é necessária;
  2. remoção da parte afetada, seja com broca ou, então, com gel específico;
  3. limpeza da área, com cureta ou raspagem;
  4. reconstrução do dente com material utilizado;
  5. lixamento para que fique na altura e forma adequada.

É possível fazer o tratamento sem sentir dor?

Na realidade, o tratamento para cáries é indolor: o cirurgião-dentista aplica anestesia para que o paciente não sinta o procedimento. No entanto, a aplicação da anestesia é um processo que pode causar um pequeno desconforto, que pode ser mais difícil para pessoas que sentem medo de agulha.

Mas existe a opção de fazer um tratamento para cáries sem a necessidade da anestesia e da broca. Trata-se de um produto novo no mercado, que ainda não é utilizado na maior parte dos consultórios e clínicas.

Trata-se de um gel para remover cáries. O produto é muito moderno e sua eficácia já foi comprovada. Ele foi desenvolvido a partir da papaína, que é uma substância presente nas folhas e no fruto do mamoeiro.

Como esse gel remove as cáries?

Para fazer a remoção da cárie, basta que o dentista aplique o produto sobre a parte do dente que está deteriorada. O produto age diretamente na infecção, amolecendo o tecido deteriorado.

Após dois minutos da aplicação, o dentista remove a cárie com a ajuda de um instrumento chamado “colher de dentista”, que é semelhante a uma pazinha. No entanto, essa técnica não visa substituir definitivamente o uso do motorzinho, pois, dependendo do caso, é preciso utilizar os dois métodos.

Quais os benefícios dessa nova técnica para os pacientes?

Quando um paciente passa pelo tratamento convencional, ele fica algumas horas com a boca dormente, devido ao uso da anestesia. Com o gel, não há esse desconforto, já que não há necessidade da aplicação de anestésicos. Além disso, o tratamento é bem mais rápido, limpo e prático.

Para crianças, essa técnica ainda é mais benéfica, uma vez que são elas que mais temem a cadeira do dentista e o principal receio delas é sentir dor. Apresentar a opção de tratar o dente cariado apenas com um gel vai deixá-las muito mais seguras e abertas para o tratamento.

Como evitar o aparecimento de cáries?

Embora o tratamento para remoção de cáries seja simples e rápido, principalmente com o uso do gel, a prevenção ainda é a maneira mais adequada de manter os dentes fortes e saudáveis. Além de ser custoso, a cada nova cárie há o comprometimento da estrutura natural do dente e a necessidade de restauração.

Com o tempo, esse fator pode causar graves consequências para a saúde e levar até a perda dentária. Para evitar o problema, é importante que o paciente adote bons hábitos de higiene bucal:

  • escovação dos dentes após cada refeição, ou, pelo menos, 3 vezes ao dia. É importante utilizar uma escova macia e pouco abrasiva, para evitar o desgaste do esmalte dentário, e lembrar-se de trocá-la a cada 3 meses;
  • uso do fio dental diariamente e, de preferência, após cada refeição sólida;
  • utilização de enxaguante bucal regularmente, ao menos uma vez por semana;
  • controle do consumo excessivo de açúcar e alimentos açucarados, pois eles facilitam o surgimento de cáries e outros tipos de doenças. É especialmente importante escovar os dentes após a ingestão desse tipo de alimento;
  • aumento do consumo de alimentos que fazem bem para os dentes, como os derivados de leite e frutas como maçã e pera.

As etapas são essenciais para garantir a saúde do seu sorriso e evitar o surgimento de doenças. No entanto, alguns fatores como alimentação, questões genéticas e uso prolongado de alguns tipos de medicamentos, como os antibióticos na infância, podem ser responsáveis pelo enfraquecimento dos dentes. Nesses casos, além de exigir cuidados redobrados, também é essencial o acompanhamento profissional.

Por isso, é essencial visitar seu dentista periodicamente, pelo menos a cada seis meses, para realizar um check-up e procedimentos de rotina e verificar se está tudo em ordem.

Vale ressaltar que é importante procurar por profissionais de confiança, principalmente quando a cárie já está instalada em um ou mais dentes. Isso porque o dentista realiza os exames necessários para, enfim, chegar a um diagnóstico e propor a solução mais adequada para cada caso.

Neste texto, você pôde saber como tirar cárie entre os dentes e como é perfeitamente possível fazer esse tratamento com mínimo incômodo e ainda ter o benefício de ficar menos tempo na cadeira do dentista.

Gostou do post e quer saber mais sobre o tratamento de cáries com o uso do gel? Entre em contato com a OdontoCompany!

será que eu preciso de aparelho

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

13 Comentários

  1. Outra técnica indolor é a ART usar colher de dentina existe há anos. Evidências científicas já querem subtituir o “motorizinho” para tratamento de lesão de cárie que não estão em polpa. Essa técnica de usar a colher de dentina é para subtituir SIM o “motorzinho” para evitar a exposição de canal (baseando em evidências científicas). O produto para amolecer a cárie também conhecido como papacarie está há 18 anos no mercado.

    1. Boa observação, Dra. Raquel!

  2. Boa noite a todos!
    Gostaria de saber se temos este tipo de tratamento na Odonto Company aqui do Rio de Janeiro. Poderia informar qual clínica?
    Desde já agradeço.
    Atenciosamente,
    Cosme Miguez.

    1. Olá, Cosme. Tudo bem? Entre em contato com a OdontoCompany mais próxima de você para ter mais informações. Você pode acessar o link: https://odontocompany.com/clinicas/rj.

  3. Meu Filho tem 3 anos tem caries muito bom esse método do gel ..

  4. Eu fiz uma restauração em uma das clínicas da Odonto, o dente parou de doer,depois voltou… além disso não consigo passar o fio dental entre ele e o outro, estão grudados
    Posso voltar p refazer?

  5. OdontoCompany sempre surpreendendo as pessoas, excelente método que terei o prazer em ajudar a espalhar esta novidade…

    1. Isso aí Juliano! Espalha pra todo mundo!!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.