Implantes

11 cuidados com o pré e pós-operatório de um implante dentário

maio 27, 2019
Tempo de leitura 5 min

O implante dentário é a opção ideal de tratamento para quem perdeu um ou mais dentes. É um dispositivo formado por um pino de titânio e uma coroa, que apresenta o mesmo aspecto, funcionalidade e resistência de um dente natural. Assim, o procedimento garante um sorriso estético e qualidade de vida ao paciente.

Para sua colocação, é necessária uma cirurgia, como ocorre com a retirada do dente do siso, em que é aplicada uma anestesia local, podendo durar de uma a duas horas. Para que tudo seja feito com segurança, a recuperação seja rápida e a cicatrização ocorra sem contratempos, é fundamental os cuidados pré e pós-operatório.

Quer saber quais cuidados são esses? Acompanhe nosso post e confira o que deve ser seguido para que o tratamento seja um sucesso!

1. Anamnese

O primeiro cuidado pré-operatório refere-se à anamnese, ou seja, uma entrevista que o dentista realiza com o paciente para conhecer seu histórico e condição de saúde — principalmente em relação a doenças preexistentes.

2. Exame clínico

O exame clínico também é fundamental. O profissional vai avaliar as condições de saúde bucal do paciente e tratar, caso seja necessário, cáries, doenças periodontais ou outros problemas. É importante que a boca esteja saudável para a realização da cirurgia.

3. Radiografia e tomografia

Um cuidado pré-operatório é a realização de exames de imagem — como radiografia e tomografia. Assim, o especialista avaliar se é possível fazer a colocação do implante, qual tipo deve ser utilizado e quais medidas deve ter o dispositivo. O exame de tomografia é utilizado para guiar a direção e posição em que devem ser inseridos os implantes.

Os exames permitem também a avaliação do tecido ósseo, se tem espessura e qualidade suficientes para suportar o dispositivo de titânio ou se será necessário fazer a cirurgia de enxerto ósseo antes da sua colocação.

É necessário que o paciente faça, ainda, exames laboratoriais — como hemograma completo, glicemia, coagulograma, sódio, potássio, ureia e creatina. Para pessoas com complicações sistêmicas, são pedidos exames de risco cirúrgico.

4. Uso de medicamentos pré-operatórios

Realizados todos os exames, o paciente pode finalmente se preparar para cirurgia. Ele deve tomar medicamentos antibióticos e anti-inflamatórios para evitar infecções ou outros problemas.

5. Repouso nos primeiros dias

Depois que o paciente já colocou o implante dentário, vai precisar cooperar para se recuperar bem e ajudar na cicatrização. Dessa forma, nas primeiras 48 horas após a cirurgia, a recomendação é fazer repouso para evitar sangramentos, edemas e infecções.

Por isso, não se esforce realizando tarefas simples e evite abaixar a cabeça. Na hora de deitar, o paciente deve utilizar um travesseiro mais alto para que a cabeça fique reclinada. É importante também não deitar sobre o lado do rosto em que foi colocado o implante.

6. Uso dos medicamentos prescritos

É essencial tomar a medicação prescrita pelo profissional — como analgésicos e anti-inflamatórios. Não se automedique: não utilize, por exemplo, analgésicos à base de ácido acetilsalicílico para evitar hemorragias.

7. Limpeza bucal adequada

Uma dúvida muito comum no pós-operatório é como fazer a higienização bucal sem machucar a região em que foi colocado o implante. O dentista orientará quanto à limpeza correta.

É recomendado fazer uma limpeza mais suave nas primeiras 72 horas — sem realizar qualquer tipo de bochecho. Evite passar a escova no local operado. Depois do período, o especialista pode recomendar um antisséptico para ser utilizado no local em que foi feita a cirurgia.

8. Compressas geladas

A aplicação de compressas geladas é uma medida importante no pós-operatório, pois tem como objetivo reduzir a dor e os inchaços — já que promove a constrição dos vasos sanguíneos.

O paciente pode utilizar uma bolsa de gel gelada (vendida em farmácias) ou um pano úmido com água fria. Se for utilizar um saco com gelo, proteja a pele com uma toalha para evitar queimaduras. As compressas devem ser feitas durante dois dias.

Caso haja muita dor ou ocorra um sangramento difícil de ser contido, a recomendação é procurar o dentista o mais rápido possível para que ele possa avaliar o problema e orientar quanto ao que deve ser feito.

9. Alimentação líquida e gelada

O paciente deve ter cuidado redobrado na hora de se alimentar. O esforço realizado na mastigação, por exemplo, pode atrapalhar a cicatrização e o sucesso do procedimento.

Desse modo, nos dois primeiros dias, só é permitido alimentos líquidos e gelados. Depois, até a primeira semana, o paciente já pode introduzir no cardápio alimentos mais cremosos e em temperatura ambiente, mas sem mastigar do lado do implante.

É obrigatório não consumir alimentos duros, quentes e de consistência crocante. Bebidas ácidas e com gás também não são recomendadas.

10. Acompanhamento no dentista

Muitos pacientes, depois de finalizada a cirurgia de implante dentário, não fazem o acompanhamento regular com o dentista. As consultas são fundamentais para que o especialista verifique as condições do implante, cicatrização e faça uma avaliação bucal completa.

Dessa maneira, a prevenção fica em dia e o paciente evita que problemas simples — como uma cárie superficial — atinja estágios mais avançados. O dentista também pode verificar se a higienização bucal com o implante está sendo feito da forma adequada.

11. Precauções gerais

Há ainda alguns cuidados no pós-operatório que também devem ser seguidos à risca para evitar complicações. Dessa forma, é necessário:

  • não fumar;
  • não consumir bebida alcoólica;
  • não tomar sol;
  • evitar assoar o nariz;
  • evitar atividades físicas por cerca de 10 dias;
  • abandonar hábitos ou manias — como de roer unhas ou morder objetos duros (lápis, canetas etc).

O implante dentário é uma cirurgia realizada no consultório do dentista que pode transformar a vida do indivíduo, pois ele passa a ter um sorriso mais bonito e funcional — o que melhora não só a sua saúde, mas também a autoestima. Todavia, para que tudo corra bem e a recuperação seja tranquila, é fundamental a cooperação do paciente em relação aos cuidados pré e pós-operatório.

Quer mais informações sobre as etapas que envolvem o implante dentário? Entre em contato com a Odonto Company e receba mais esclarecimentos!

Você também pode gostar

1 comentário

  • Avatar
    Responder Silmara Ribeiro maio 28, 2019 at 12:07 pm

    gostaria de saber se vcs fazem o protocolo e apesar de saber que tenho que passar por avaliação gostaria de ter ideia em relação os valores.

  • Deixe um comentário