Implantes

Você conhece as principais etapas do implante dentário?

outubro 21, 2019
Tempo de leitura 6 min

Pessoas que perderam um ou mais dentes sabem que podem se beneficiar com o tratamento de implante dentário. Afinal, é possível substituir os dentes ausentes e voltar a mastigar com segurança, além de exibir um sorriso bonito.

Contudo, por se tratar de uma cirurgia, muita gente tem muitas dúvidas por receio do tratamento. Quais as etapas do implante dentário? É necessário um preparo anterior? Quais os cuidados depois do procedimento cirúrgico?

Se você também tem esses questionamentos, vai gostar deste post. Continue a leitura e entenda melhor todos os passos dessa técnica de reabilitação oral que pode transformar a vida do paciente.

O que é e qual o objetivo do implante dentário?

O implante dentário é um dispositivo altamente tecnológico, formado por duas partes: um pino de titânio, que tem o papel de raiz do dente e é fixado no osso da mandíbula ou maxilar; e a prótese ou coroa, que funciona como o dente artificial.

Sua vantagem é que ele apresenta a mesma resistência, durabilidade e aparência de um dente natural. Com isso, a pessoa pode mastigar e fazer a limpeza bucal normalmente, ou seja, tem qualidade de vida. Sem contar os ganhos estéticos para o sorriso.

Outro ponto é a biocompatilidade do material, o que reduz muito as chances de rejeição. “O titânio é o único metal biocompatível com a estrutura óssea. Pode ser usado, por exemplo, para reconstruir uma perna. Isso significa que ele é totalmente aceito pelo organismo como se fosse o dente natural”, destaca Dr. Micael Ferraz, cirurgião dentista e especialista em Ortodontia e patologia da ATM da OdontoCompany Salvador.

Portanto, o objetivo das etapas do implante dentário é fazer a reabilitação oral dos pacientes que sofreram com a perda dentária — seja por doenças periodontais, traumas, extrações, entre outras questões. É possível, inclusive, fazer a reabilitação total com implantes, atendendo pacientes que perderam todos os dentes.

Desse modo, trata-se da recolocação de um ou mais dentes de forma definitiva. No entanto, ao contrário do que muitas pessoas pensam, os implantes exigem os mesmos cuidados de saúde bucal do que os dentes naturais, como higienização adequada e visita regular ao dentista.

Quais as principais etapas do implante dentário?

Acompanhe as etapas do implante dentário e descubra que não é preciso ter medo desse procedimento.

Diagnóstico do paciente

A primeira etapa é examinar o paciente, seu histórico de saúde e avaliar se ele tem estrutura óssea adequada para suportar o implante dentário. “É como se fosse um terreno que analisamos antes de plantar a árvore. O terreno da boca é o osso. Assim, analisamos se o local de colocar o implante está correto, se há espaço”, compara Dr. Ferraz.

Em alguns casos, é necessário fazer um tratamento ortodôntico antes para abrir ou fechar um espaço, porque, quando a pessoa perde um dente, os outros tendem a se movimentar para ocupar o espaço daquele elemento perdido.

Por exemplo: se você perder um dente da arcada de baixo, o seu de cima, chamado antagonista, começa a descer, porque não tem o par — podendo até encostar na gengiva de baixo. Os dentes de trás também inclinam, por isso é preciso coordenar esse espaço e analisar a estrutura óssea para colocar o implante.

Caso o paciente não tenha estrutura óssea em volume adequado, ele precisa passar pela fase do enxerto ósseo, que é uma cirurgia para preparar o osso para receber o pino de titânio. Depois dessa etapa, é necessário esperar um tempo para o osso ficar saudável e poder receber a intervenção cirúrgica.

Intervenção cirúrgica

É uma cirurgia rápida (30 a 40 minutos) realizada no consultório do dentista em que o paciente recebe anestesia local para ficar confortável durante o procedimento. O profissional faz uma incisão na gengiva para chegar até o osso e, desse modo, colocar o pino de titânio. Depois de inserido o implante, é colocada uma tampa de proteção no local e são feitos os pontos.

Segundo Dr. Ferraz, é necessário aguardar de 3 a 6 meses para que ocorra a osseointegração. O paciente retorna ao consultório e faz uma radiografia para saber se está tudo certo. Com o osso integrado, já é possível dar continuidade às próximas etapas do implante dentário.

Elaboração da prótese

Na fase protética, é o momento de escolher a cor da coroa, fazer moldagem e enviá-la para a confecção em laboratório. A peça, feita de cerâmica, deve estar compatível com seus pares — tanto com o antagonista quanto com os dentes ao redor.

Colocação da prótese

É feito um procedimento cirúrgico em que o dentista reabre a região em que foi colocado o pino de titânio para que ele possa receber a prótese.

Acompanhamento e cuidados essenciais

O paciente deve seguir algumas recomendações no pós-operatório para que a cicatrização ocorra sem problemas e a recuperação seja mais rápida. Desse modo, é essencial:

  • tomar a medicação prescrita;
  • utilizar bolsas de gelo para reduzir o inchaço;
  • fazer repouso no dia da cirurgia;
  • adotar uma alimentação líquida ou pastosa nos primeiros dias;
  • realizar a limpeza bucal com uma escova de cerdas macias e fio dental, tendo cuidado com a região operada;
  • fazer o acompanhamento odontológico regular para avaliar as condições de saúde bucal e do implante.

O dispositivo precisa de um meio bucal saudável, por isso o paciente deve ser disciplinado com a higienização. Quem não faz a limpeza bucal adequada terá problemas, porque, se osso inflamar, poderá perder o implante dentário.

Qualquer pessoa pode fazer um implante?

A recomendação é que esse procedimento seja feito a partir de 18 anos, pois a dentição já está completa. As contraindicações são gravidez, algum problema periodontal ou a falta de cuidado com higiene bucal, que pode levar à perda do implante.

“A maior contraindicação é a condição de saúde do paciente, como diabete grave, hipertensão e se o médico clínico contraindica. Para idosos, nós avaliamos se vale a pena passar pela colocação do implante”, completa Dr. Ferraz.

Conhecendo as etapas do implante dentário, dá para perceber que é um tratamento simples e com resultados surpreendentes. Para que você faça um tratamento seguro e de qualidade, procure clínicas com credibilidade no mercado, que contem com especialistas e tecnologias atuais.

Quer saber mais detalhes sobre o implante dentário? Converse com a equipe da OdontoCompany e descubra como reabilitar seu sorriso com segurança e sem complicação!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário