Agende sua avaliação

Varizes linguais: o que são e quais as suas características?

Tempo de leitura 5 min

As varizes linguais estão relacionadas à saúde bucal e demandam atenção. Elas podem ser incômodas, principalmente se aumentarem de tamanho, pois chegam a causar dores, sangramentos, entre outras questões.

No entanto, na maioria das vezes, as varizes linguais não oferecem perigo, felizmente. Há outras situações em que elas prejudicam mais a questão estética e isso pode fazer com que alguns pacientes procurem os consultórios.

Por essas razões, o apoio de um profissional especializado da área da saúde é fundamental, pois ele saberá identificar o quadro, verificar a situação das varizes e, caso necessário, oferecer tratamento adequado.

Pensando na importância desse tema, neste conteúdo, explicaremos o que são e como se formam as varizes linguais, porque é importante estar atento, quais são as características, as causas do problema e qual o tratamento indicado. Continue a leitura para saber mais!

O que são e como se formam as varizes linguais?

Trata-se de veias dilatadas que se formam na língua. Geralmente, são indolores e não causam nenhum problema de saúde, mas podem ser um sinal de outras condições médicas, como cirrose hepática, insuficiência cardíaca e anemia falciforme.

As varizes linguais são causadas por uma pressão alta nas veias da língua. Essa pressão pode ocorrer por uma variedade de fatores, incluindo:

  • Envelhecimento;
  • Tabagismo;
  • Álcool;
  • Cirrose hepática;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Anemia falciforme;
  • Trauma na língua.

Normalmente, as varizes linguais são pequenas e indolores. No entanto, podem aumentar de tamanho e causar dor se forem traumatizadas. Em casos raros, as varizes linguais podem sangrar.

Além disso, é possível haver formação de bolhas nos pacientes, de coloração azul ou roxa, e ainda apresentar aspecto de que pode romper a qualquer momento.

Dessa maneira, se você tiver varizes linguais, é importante consultar um médico para descartar qualquer condição médica subjacente. O tratamento, geralmente, não é necessário, mas em alguns casos, o médico ou o profissional de odontologia pode recomendar cirurgia para removê-las.

Por que é importante ficar atento?

Por diferentes motivos, é fundamental estar atento em relação às varizes linguais. Entre eles, os principais são:

  • as varizes linguais podem ser um sinal de outras condições médicas graves, como cirrose hepática, insuficiência cardíaca e anemia falciforme;
  • elas podem sangrar e se tornar um problema caso ocorra durante a alimentação ou a escovação dos dentes;
  • podem causar dor se forem traumatizadas;
  • as varizes linguais podem ser um problema estético para algumas pessoas.

Portanto, caso tenha varizes linguais, é importante consultar um médico ou um profissional de odontologia para descartar qualquer condição médica subjacente.

Quando há mais chances de aparecer?

As varizes linguais são mais comuns em pessoas com mais de 60 anos e em quem fuma, bebe álcool em excesso ou tem outras condições médicas, como cirrose hepática, insuficiência cardíaca ou anemia falciforme.

Além disso, vale destacar que elas têm maior probabilidade de aparecer em pessoas com eventuais traumas na língua. Nessas situações, é fundamental ter uma atenção especial e procurar por um profissional especializado quanto antes para obter o diagnóstico e iniciar o tratamento.

Quais as causas do problema?

Diversas podem ser as causas e uma combinação de fatores aumenta a probabilidade de um indivíduo estar com varizes linguais, incluindo:

  • idade: as varizes linguais são mais comuns em pessoas com mais de 60 anos;
  • tabagismo: pode danificar os vasos sanguíneos, o que pode aumentar o risco de desenvolver varizes linguais;
  • álcool: o consumo excessivo de álcool pode danificar os vasos sanguíneos, o que também pode aumentar o risco de desenvolver varizes linguais;
  • cirrose hepática: é uma condição que danifica o fígado, o que pode afetar o fluxo sanguíneo e aumentar o risco de desenvolver varizes linguais;
  • Anemia: afeta os glóbulos vermelhos, o que pode causar danos aos vasos sanguíneos e aumentar o risco de desenvolver varizes linguais;
  • trauma na língua: assim como um corte ou uma mordida, pode danificar os vasos sanguíneos e aumentar o risco de desenvolver varizes linguais.

Como obter o diagnóstico?

O diagnóstico das varizes linguais é feito por um médico ou profissional da odontologia.

Geralmente, as varizes linguais são benignas e, muitas vezes, não requerem tratamento. No entanto, em alguns casos, podem ser um sinal de outras condições médicas, como cirrose hepática, insuficiência cardíaca ou anemia falciforme.

Qual é o tratamento mais indicado para quem tem varizes linguais?

Há alguns casos em que as varizes linguais podem demandar tratamento, principalmente quando elas estão maiores e causam dores ou sangramentos. Nesses contextos, os tratamentos podem incluir:

  • cirurgia: trata-se do tratamento mais comum para varizes linguais. A cirurgia, geralmente, é realizada sob anestesia local e envolve a remoção das varizes;
  • medicamentos: em alguns casos, os medicamentos podem ser usados para tratar varizes linguais. Para tanto, os medicamentos mais comumente usados são os anticoagulantes, que ajudam a prevenir a coagulação do sangue.

Qual a importância de buscar ajuda especializada?

Se você tiver varizes linguais, é importante consultar um médico ou um profissional da odontologia para descartar qualquer condição de saúde subjacente. Como já mencionado, geralmente, o tratamento não é necessário, mas em alguns casos, pode ser recomendada cirurgia para removê-las.

Além disso, o profissional da área da saúde tem experiência e está preparado para fornecer informações sobre a sua condição e como gerenciá-la. Ainda, ele também vai acompanhar a sua condição e garantir que você está recebendo o tratamento correto.

Sendo assim, podemos dizer que, ao buscar ajuda especializada, torna-se possível solucionar o problema quanto antes e, consequentemente, melhorar a sua saúde bucal.

Aqui, vimos que as varizes linguais demandam atenção, pois podem prejudicar a saúde bucal das pessoas. Por esse motivo, procuramos apresentar o conceito para que você possa ter conhecimento do tema e, assim, buscar tratamento para solucionar o problema com mais facilidade.

Gostou do conteúdo? Então, siga a OdontoCompany nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram, YouTube e no LinkedIn.

Quer receber mais conteúdo como esse de graça?

Cadastre-se para receber nosso conteúdo por e-mail.

E-mail cadastrado com sucesso
Ops! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, verifique se o captcha está correto.

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.