Ortodontia

Resina nos dentes: quando é necessária e quais os seus benefícios?

fevereiro 22, 2019
Tempo de leitura 4 min

Com a evolução da odontologia, as possibilidades de tratamento com resultados mais satisfatórios tornaram-se cada vez mais abundantes. Uma delas é a resina nos dentes, que pode ser usada para diversos casos de reabilitação do sorriso.

Restaurações, correção de fraturas e até facetas para mudar formato e coloração dos dentes. Há várias aplicações para esse material e ele apresenta uma série de vantagens que justificam o seu uso cada vez mais frequente.

Ficou curioso para saber mais sobre esse assunto? Então, continue a leitura!

O que é resina nos dentes?

A resina é um composto amplamente utilizado na odontologia com diversas finalidades. Confira as principais a seguir.

Restauração dentária

Uma das principais aplicações da resina nos dentes acontece no procedimento de restauração. Conhecida popularmente como “obturação”, é feita para recuperar a estrutura dos dentes após danos causados pelas cáries.

Antigamente, essa cobertura era feita principalmente com amálgama de prata. O resultado era uma coloração acinzentada na área. No entanto, graças à evolução da odontologia, resinas mais resistentes passaram a ser produzidas, com durabilidade semelhante ao material tradicional, mas apresentando uma aparência muito mais natural.

Também chamada de “restauração de plástico”, ela é produzida a partir de diferentes ingredientes que são misturados e aplicados diretamente na cavidade dentária após remoção da cárie e preparação do local.

Embora seja efetiva em pequenas áreas, nem sempre é a opção mais indicada para grandes restaurações.

Bruxismo

O bruxismo é uma condição que pode levar ao desgaste da estrutura dos dentes, causando problemas mecânicos e prejudicando a estética do sorriso.

A resina também pode ser usada para recuperar forma e função original do dente nos casos de pequenas fraturas, sejam elas causadas pelo bruxismo ou por impacto físico.

Facetas

A resina nos dentes também pode ser usada na fabricação de facetas, que corrigem cor, tamanho ou formato dos dentes. Esse é um tratamento indicado nos casos de desalinhamento dentário que não exigem procedimentos ortodônticos, manchas e na correção da desarmonia do sorriso.

Esse procedimento traz resultados rápidos, bastante naturais e satisfatórios.

Quais são os benefícios desse procedimento?

Os principais benefícios da resina nos dentes variam de acordo com a aplicação desse material. Em geral, podemos destacar os seguintes.

Aparência

A principal vantagem da resina é seu aspecto muito semelhante à coloração natural dos dentes. Isso fez com que ela ganhasse espaço nos tratamentos de restauração por causar menor impacto estético do que a amálgama.

Durabilidade

A resina apresenta uma resistência considerável, o que a torna uma opção interessante para a correção duradoura de fraturas e danos causados pelas cáries. Porém, esse material ainda fica atrás de outras alternativas, como a porcelana.

Custo

Outro benefício da resina nos dentes é o seu baixo custo, o que a torna uma alternativa bastante acessível.

Todas essas características justificam o uso cada vez mais amplo desse material na odontologia. Entretanto, é preciso avaliar cada caso com cuidado.

Uma das suas desvantagens é a suscetibilidade a manchas devido ao consumo de alimentos pigmentados e a perda de brilho. Desse modo, as facetas de porcelana, por exemplo, são as mais indicadas para correções de grandes extensões por serem mais resistentes a esses danos.

Quais são os cuidados após aplicar resina nos dentes?

Como já foi dito, um dos problemas da resina é a alteração da cor com o passar do tempo. Assim, para evitar o seu amarelamento e garantir a durabilidade do material, são necessários alguns cuidados. Entre eles, estão:

  • evitar o consumo em excesso de alimentos com pigmentos fortes, como café, chá e vinho;

  • parar de fumar;

  • evitar hábitos como roer unhas e mastigar canetas e outros materiais duros;

  • corrigir o bruxismo antes da colocação da resina, pois essa condição pode causar novos danos;

  • utilizar escovas macias e evitar escovação vigorosa.

Essas medidas, aliadas à higiene bucal adequada, garantem maior durabilidade e resultados satisfatórios por mais tempo.

Neste artigo, você pôde conferir o que é a resina nos dentes e suas principais aplicações. No entanto, é importante se lembrar de que somente o dentista poderá indicar qual é o melhor tratamento para cada caso.

Para mais dicas de como cuidar do seu sorriso, assine a nossa newsletter!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário