Facetas de resina ou porcelana? Saiba qual utilizar

Tempo de leitura 8 min

Existem dois tipos de facetas dentais: a faceta de resina e a de porcelana, que são muito utilizadas para corrigir imperfeições em um ou mais dentes. Apesar de serem materiais que têm uma coloração idêntica à cor dos dentes, a resina e a porcelana têm características diferentes.

A resina composta é um material muito utilizado em restaurações dentárias, pois tem um custo acessível e boa durabilidade — apesar de ser menos durável do que a porcelana. Já a cerâmica (ou porcelana) é muito utilizada para tratamentos com lentes de contato, facetas, para a confecção de prótese sobre implantes e para restaurações.

A porcelana é um material com qualidade superior à resina, mas nem sempre ela é o material mais indicado para o tratamento com as facetas dentais. Isso acontece porque cada caso pede um tipo de material, e o uso da técnica correta é o principal responsável pelo sucesso desse tipo de procedimento.

Neste post vamos listar alguns pontos que devem ser levados em consideração antes de optar entre a faceta de resina e a de porcelana. Confira!

Saiba mais sobre o tempo de tratamento

O tipo de material utilizado influencia no tempo de tratamento com as facetas dentais. Caso o dentista indique a resina composta, o procedimento será feito bem mais rapidamente, pois não há necessidade do uso de moldes — o profissional faz o trabalho diretamente na boca do paciente. Apenas uma sessão já é o suficiente para confeccionar e cimentar uma faceta dental de resina composta.

Para confeccionar a faceta de porcelana, são necessárias mais visitas ao dentista, pois ele molda a prótese e manda para o laboratório confeccionar a peça. Depois disso, ainda é necessário que o paciente faça os testes com o provisório, para somente então o dentista cimentar a faceta de porcelana nos dentes do paciente.

O tratamento com facetas de porcelana necessita de um pequeno desgaste no esmalte dentário. Já com a resina composta, esse procedimento não é necessário.

Conheça os custos do tratamento

Caso o dentista sugira que você escolha entre resina e porcelana, você deve levar em consideração os custos do tratamento. A porcelana é um material mais durável e mais caro. Além disso, para cimentá-la aos dentes, é necessário mais tempo do cirurgião-dentista, o que também deixa o tratamento mais dispendioso.

Outro fator que torna as facetas de porcelana mais caras é o fato delas serem moldadas em laboratório de prótese. Quanto mais etapas tiver o tratamento, mais altos ficarão os custos.

A resina é um material mais acessível, o que reduz os gastos com o tratamento. Além disso, a resina é bastante versátil e de aplicação simples, ou seja, não necessita de tantas etapas como a porcelana.

Avalie os riscos de aparecimento de manchas

A grande desvantagem da resina composta é que ela sofre alteração de cor ao longo do tempo. Nesse caso, é normal que pacientes que façam o tratamento com facetas de resina notem que seu sorriso sofreu alteração de cor com o passar dos anos.

Quando o paciente fuma ou consome alimentos ricos em corantes em excesso, as facetas mancham ou ficam amareladas mais rapidamente.

Esse problema não existe com a porcelana, pois ela é um material de qualidade superior à resina nesse quesito. Nem mesmo quando o paciente tem maus hábitos aliados a uma higiene bucal deficiente há riscos das facetas de porcelana sofrerem alteração de cor.

Preze pela durabilidade das facetas

A durabilidade é outro fator que deve ser levado em consideração no momento de escolher entre a faceta de resina e a de porcelana para se submeter ao tratamento. De todas as diferenças entre os materiais, essa é a mais marcante.

A porcelana é muito resistente, por isso, dificilmente se quebra, descola ou lasca. Pacientes que usam facetas de cerâmica não precisam de tantos cuidados em relação à alimentação, pois os laminados de porcelana cumprem muito bem as funções mastigatórias. Além disso, elas apresentam índices de infiltração por cáries mais baixos do que as facetas de resina.

Se bem cuidadas, as facetas de porcelana duram entre 10 e 15 anos. Os laminados confeccionados em resina composta duram cerca de 2 anos.

Opte pela qualidade estética e pelo brilho

Apesar das resinas compostas existentes no mercado hoje em dia serem de ótima qualidade, nada se compara à porcelana. As facetas confeccionadas em cerâmica proporcionam um resultado bastante natural e fica praticamente impossível distinguir um laminado de porcelana de um dente natural.

A resina composta apresenta uma qualidade muito boa, mas depois do primeiro ano da realização do procedimento, há uma perda de brilho e lisura, o que torna a faceta em resina opaca e diferente dos dentes naturais. Isso acontece devido ao atrito das cerdas da escova e à ação química de determinados alimentos.

A porcelana é imune à ação das cerdas das escovas e muito resistente à ação dos alimentos, por isso mantém seu brilho por mais tempo. Exatamente por esse motivo, o custo do tratamento é mais alto.

Powered by Rock Convert

Atente-se à resolutividade do material escolhido

Quando falamos em resolutividade, estamos nos referindo à versatilidade desses materiais, ou seja, como eles podem resolver diversos tipos de problemas de estética dentária.

Nesse caso, as facetas de porcelana são bem mais versáteis, pois elas são indicadas para todos os casos de desarmonia dentária. Elas corrigem tanto problemas simples, como de um dente maior do que o outro e espaço entre eles (diastemas), quanto situações mais sérias, nas quais é preciso fazer uma transformação radical no formato e na cor do sorriso.

Pacientes com dentes muito escurecidos por causa de tratamentos de canal ou uso de antibióticos — que não encontram solução do problema com o clareamento dental — podem ter o sorriso completamente transformado com as facetas de porcelana.

Dentes girados e desalinhados também são corrigidos por meio das próteses de porcelana, que também são indicadas para mudar o formato dos dentes.

Conheça as indicações e as contraindicações da faceta de resina composta

As facetas com resina composta são mais adequadas para correções simples, como fechamento de diastemas e fraturas ou dentes trincados.

Em casos de urgências odontológicas, quando a faceta deve ser colocada imediatamente, a resina também é a melhor opção. Isso acontece porque não há necessidade de confeccionar os provisórios, pois ela é moldada na boca do paciente.

A resina composta é um material de boa qualidade, mas nem sempre ela é a melhor opção no momento de fazer um tratamento com facetas dentais. Quando o dentista percebe que o paciente não tem bons hábitos de higiene, ele geralmente indica a porcelana.

O consumo de alimentos muito pigmentados e ácidos aliado a uma higiene bucal deficiente vai reduzir a vida útil das próteses. Em casos que o paciente tem os dentes fracos e desvitalizados, com o risco de cair, o tratamento também não é recomendado.

Pacientes com quadro de má oclusão — quando os dentes da arcada superior não encostam em todos os dentes da arcada inferior —, que têm dentes sobrepostos ou que têm um desgaste no esmalte dentário também não encontram na faceta de resina a melhor opção.

Em casos de desgaste intenso por bruxismo ou correções drásticas de cor e formato dos dentes, a resina também não é indicada.

Saiba quais são os cuidados que devem ser tomados com as facetas dentais

Independentemente do tipo de material utilizado, após o tratamento com as facetas dentais, o paciente deve manter os cuidados com sua higiene bucal. Isso acontece porque elas são apenas “capas”, e não evitam o aparecimento de cáries. Além disso, a má higiene pode gerar problemas nas gengivas e perda dentária.

É importante escovar os dentes sempre após as refeições e passar o fio dental pelo menos uma vez ao dia.

Evitar roer as unhas, as tampas de caneta e abrir potes com os dentes ajuda a aumentar a vida útil das facetas de resina. Além disso, é recomendado evitar alimentos muito ricos em corantes e ácidos, pois eles contribuem para o aparecimento de manchas.

Ir ao dentista pelo menos uma vez ao ano para realizar a profilaxia e fazer as devidas manutenções é essencial para que as suas facetas tenham uma boa durabilidade.

>> Tratamentos dentários estéticos: conheça aqui os mais populares no Brasil

Entenda mais sobre as reparações e os ajustes das facetas

A faceta de resina composta permite que sejam feitos reparos em casos de trincas, desgastes ou traumas — essa é uma grande vantagem em relação à porcelana. O melhor de tudo é que o reparo é feito no consultório, em apenas uma sessão.

Apesar das facetas de porcelana serem mais resistentes, elas não podem ser reparadas em casos de fraturas ou acidentes. Quando isso acontece, o dentista confecciona outra prótese, o que gera um custo mais alto para o paciente.

Vale ressaltar que quem decide entre a faceta de resina e a de porcelana é o dentista, pois apenas ele tem conhecimento técnico suficiente para saber qual é a melhor opção de tratamento para o seu caso. Sendo assim, é importante procurar profissionais capacitados, pois qualquer que seja o material, são as habilidades e os conhecimentos do profissional que vão garantir o sucesso do tratamento.

Gostou de saber mais sobre as facetas dentais? Que tal compartilhar este post nas redes sociais? As informações podem ser úteis para seus amigos que têm interesse no tratamento!

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

17 Comentários

  1. Queria fazer um orçamento!

    1. Alessandro, tudo bem? Acesse o nosso link: https://odontocompany.com/clinicas.

  2. Excelente artigo!

    1. Que bom que gostou, Felipe! 😀

  3. Gostaria de fazer uma faceta de resina apenas pra ficar da mesma cor do pivô q tive que colocar, 1dende apenas o da frente

    1. Daniele, como vai? Agende uma avaliação pelo nosso link: https://odontocompany.com/clinicas.

  4. Excelente aftigo.Bastante esclarecedor

    1. Oi, Eliene! Tudo bem? Fico feliz que tenha gostado do conteúdo!

  5. Quero parabenizar você pelo seu artigo escrito, sou Kamila de Oliveira e gostei do seu site, muito bom vou acompanhar o seus artigos.

    1. Obrigado pelo seu feedback! É muito bom saber que você gostou do conteúdo! 😀

  6. Gostaria de tbm pr igualar a cor com do pivo, já q a minha resina do dente ao lado está escura e manchada

    1. Acredito que é possível, sim. Mas é necessário passar por uma avaliação primeiramente, Isabel. Só assim teremos certeza sobre o melhor tratamento para o seu caso.

  7. Tenho uma brecha no meio dos dentes .. gostaria de melhora eles …mas se o preço estiver em conta pra mim poder paga ..pois não uso cartão de crédito ..consigo ir pagando por mês

    1. Ótimo, Fabio! Procure a OdontoCompany mais próxima de você pelo link a seguir, e faça uma avaliação para verificarmos o que pode ser feito: https://odontocompany.com/

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.