Agende sua avaliação

Dente encavalado: saiba como tratar esse problema!

Tempo de leitura 7 min
O que você sabe sobre saúde bucal? Venha descobrir!

O sorriso é uma das características mais marcantes de uma pessoa, podendo influenciar diretamente na forma como somos percebidos pelos outros. Quando há um dente encavalado, no entanto, a autoestima costuma ser afetada, já que a aparência do sorriso pode ser prejudicada. Mas, além do impacto estético, o dente encavalado também pode trazer consequências para a saúde bucal, como dificuldades no processo de higienização, aumento do risco de cáries e doenças gengivais.

Por isso, é importante entender as causas do dente encavalado e as opções de tratamento disponíveis. Entre as causas mais comuns estão a falta de espaço na boca, a genética e os problemas de desenvolvimento dentário. Já os tratamentos podem variar, indo desde o uso de aparelhos ortodônticos até a cirurgia ortognática, dependendo do grau de gravidade do problema.

Neste artigo, vamos explorar em mais detalhes as causas e os tratamentos para o dente encavalado, a fim de que você possa entender melhor essa condição e encontrar a solução mais adequada para o seu caso. Acompanhe!

Quais são as causas mais comuns que levam ao dente encavalado?

Neste tópico, vamos explorar as diversas causas do dente encavalado, incluindo a genética, o nascimento do siso, a má-formação dos dentes e a falta de espaço na boca. Confira!

Herança genética

A herança genética é um fator importante para o desenvolvimento da arcada dentária. Se os pais tiverem dentes desalinhados, há uma maior probabilidade de que os filhos também desenvolvam esse problema.

Nascimento do siso

O nascimento do terceiro molar, também conhecido como siso, pode empurrar os dentes adjacentes e causar o desalinhamento. Isso ocorre porque muitas vezes não há espaço suficiente na boca para acomodar o novo dente.

Má-formação dos dentes

Às vezes, os dentes podem se desenvolver de maneira anormal, resultando em desalinhamento e outros problemas. Isso pode incluir dentes tortos, más-formações ósseas ou dentes com raízes mal posicionadas.

Falta de espaço na boca

Quando há pouco espaço na boca, pode haver um apinhamento dentário, situação em que os dentes ficam amontoados e desalinhados. Isso pode ocorrer por diversos fatores, como crescimento ósseo limitado, extração tardia de dentes decíduos ou mesmo o hábito de chupar o dedo.

Quais são os problemas que o dente encavalado pode trazer?

Um dente encavalado ocorre quando um dente permanente não cresce em sua posição correta na arcada dentária. Isso pode levar a vários problemas e riscos para a saúde bucal, incluindo:

  • dificuldade na higiene oral: quando um dente permanente não se posiciona corretamente na boca, ele pode dificultar a escovação e o uso do fio dental, tornando a limpeza da região difícil e favorecendo a acumulação de placa bacteriana e tártaro;
  • risco de cáries: a má posição do dente pode levar a uma maior probabilidade de cáries, já que a placa bacteriana tende a se acumular com mais facilidade nas regiões onde há falta de higiene oral;
  • problemas de mastigação: quando um dente encavalado está muito desalinhado, pode prejudicar a mastigação e a digestão dos alimentos;
  • dificuldades de fala: se o dente estiver pressionando a língua, isso pode dificultar a pronúncia correta de certas palavras;
  • problemas de autoestima: um dente encavalado pode afetar a autoestima e a autoconfiança, especialmente em crianças e adolescentes;
  • problemas ortodônticos: quando o dente encavalado não é tratado, pode afetar a posição dos outros dentes, levando a problemas de má oclusão, dor na mandíbula e outros problemas ortodônticos.

Como tratar o dente encavalado?

Existem várias opções de tratamento disponíveis para corrigir dentes encavalados. Elas podem variar desde o uso de aparelhos ortodônticos até a cirurgia ortognática, dependendo da gravidade do problema.

Neste tópico, vamos explorar os principais tratamentos para dentes encavalados, para que você possa entender melhor as opções disponíveis e escolher a melhor solução para o seu caso.

Aparelhos ortodônticos

O uso de aparelhos ortodônticos é o tratamento mais comum e efetivo para dentes encavalados. Eles são projetados para aplicar uma força gradual e constante nos dentes, movendo-os lentamente para a posição correta.

Existem diferentes tipos de aparelhos ortodônticos, como aparelhos fixos (com bráquetes) e móveis (como alinhadores invisíveis). O tipo de aparelho mais adequado para o seu caso dependerá da gravidade do problema e de outras características específicas.

Extração de dentes

Em casos de dentes muito encavalados ou quando não há espaço suficiente para acomodá-los, pode ser necessário extrair um ou mais dentes, a fim de permitir que os restantes se movam para a posição correta.

É importante destacar que a extração de dentes é uma opção mais drástica e que deve ser considerada apenas em casos extremos, quando outras opções de tratamento não são possíveis.

Desgaste interproximal

O desgaste interproximal envolve a remoção de pequenas quantidades de esmalte dos dentes adjacentes para criar espaço, a fim de que os dentes se movam para a posição correta.

Esse procedimento é menos invasivo do que a extração de dentes, mas também é considerado uma opção mais limitada, já que só pode ser aplicado em casos específicos e não muito graves.

Cirurgia ortognática

Em casos mais graves de dentes encavalados, pode ser necessário realizar uma cirurgia ortognática para reposicionar a mandíbula e os dentes. 

Esse procedimento envolve o uso de técnicas cirúrgicas, permitindo que dentes e mandíbula se alinhem adequadamente. A cirurgia ortognática é uma opção mais invasiva e só é recomendada em casos mais extremos.

Tratamentos estéticos

Para dentes levemente encavalados, pode ser possível corrigi-los com tratamentos estéticos, como lentes de contato dental ou facetas de porcelana

Esses tratamentos são menos invasivos do que os demais, sendo mais adequados para corrigir pequenos problemas estéticos, como espaçamentos irregulares ou dentes levemente tortos.

É importante lembrar que cada caso é único e que o tratamento mais adequado dependerá de uma série de fatores, incluindo a gravidade do problema, a idade do paciente e a saúde geral dos dentes e das gengivas. Por isso, é sempre importante consultar um dentista ou um ortodontista qualificado para obter a orientação adequada.

Por que escolher a OdontoCompany para o seu tratamento?

A OdontoCompany tem mais de três décadas de experiência em tratamentos odontológicos. Com uma equipe de dentistas altamente especializados em diversas áreas, oferecemos a nossos pacientes um atendimento único e de qualidade. Além disso, contamos com tecnologia de ponta e equipamentos modernos em nossas clínicas, para proporcionar os melhores tratamentos possíveis.

Nossa equipe multidisciplinar é formada por especialistas em Ortodontia, Implantodontia, Odontopediatria e Dentística. E, como a maior rede de clínicas odontológicas do mundo, estamos presentes em mais de 1.700 locais em todo o Brasil, oferecendo implantes de qualidade a preços acessíveis.

Escolher a OdontoCompany é garantir segurança e credibilidade para o seu tratamento ortodôntico, com uma equipe de dentistas especialistas e equipamentos de última geração à sua disposição.

Em resumo, o dente encavalado pode ser um problema que afeta não apenas a estética do sorriso, mas também a saúde bucal e o bem-estar emocional do paciente. Felizmente, existem diversas opções de tratamento disponíveis, desde o uso de aparelhos ortodônticos até a realização de procedimentos cirúrgicos, que podem corrigir o problema e devolver a autoestima ao indivíduo.

Não deixe os dentes encavalados afetarem sua autoestima e saúde bucal. Entre em contato com a OdontoCompany agora mesmo e agende uma consulta com nossos especialistas.

será que eu preciso de aparelho

Quer receber mais conteúdo como esse de graça?

Cadastre-se para receber nosso conteúdo por e-mail.

E-mail cadastrado com sucesso
Ops! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, verifique se o captcha está correto.

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.