Ortodontia

Saúde bucal dos idosos: o que deve ser observado?

outubro 16, 2019
Tempo de leitura 3 min

Os cuidados com o sorriso devem ser realizados em todas as fases da vida: do bebê ao idoso. No entanto, é comum a ideia de que as pessoas da terceira idade não precisam se preocupar com isso. Pelo contrário: esse grupo está mais suscetível a alguns problemas e precisa ficar atento para evitar dores ou perda dos dentes, o que pode trazer dificuldades para a mastigação.

Ter atenção com a saúde bucal dos idosos é garantir sua qualidade de vida. Neste post, vamos mostrar o que deve ser observado a fim de que eles exibam um sorriso saudável. Acompanhe!

Risco maior de doenças periodontais

Os idosos estão mais suscetíveis às doenças periodontais, principalmente aqueles com diabetes. É um problema que começa com a inflamação das gengivas (gengivite), quadro que deixa o tecido gengival mais vermelho e sensível. Assim, sangra com facilidade na escovação ou na hora de comer alimentos mais duros.

O problema é que, quando a gengivite não é tratada, pode evoluir para a periodontite. É uma condição mais séria em que ocorre uma infecção nas estruturas que sustentam o dente, o que pode levar a sua perda.

Para evitar esse quadro, é fundamental que a escovação seja realizada três vezes ao dia com uma escova de cerdas macias, creme dental com flúor e, principalmente, com o uso do fio dental.

Atenção com a sensibilidade dental

Outro problema que pode atingir a terceira idade é a sensibilidade dental. Ela surge por conta da retração gengival, o que deixa as raízes dos dentes mais expostas. Desse modo, a pessoa sente uma dor forte ao consumir alimentos mais doces, frios ou quentes. O incômodo pode surgir, também, na hora da escovação.

Para que o idoso não se prive dos alimentos, o indicado é procurar o dentista para fazer o tratamento adequado.

Limpeza das próteses

Assim como os dentes, é essencial que as próteses sejam higienizadas adequadamente. A limpeza pode ser feita com o creme dental ou com sabão neutro. Há, ainda, soluções efervescentes específicas para isso. A única precaução é não utilizar água quente, pois pode deformar a peça, gerando problemas no encaixe.

Efeitos adversos de medicamentos

Alguns medicamentos podem ter como efeito adverso a xerostomia. É a chamada “boca seca”, que pode atrapalhar a mastigação e a deglutição, além de causar mau hálito e contribuir para as cáries.

Nessa situação, além de se consultar com o dentista, é importante que o idoso se mantenha bem hidratado para amenizar esse quadro. Pode ser necessário, também, conversar com o médico e saber se há possibilidade de mudança da medicação.

Alimentação

Para cuidar da saúde bucal dos idosos, é imprescindível ter um cuidado com a alimentação. Isso porque, com a idade avançada, muitas pessoas têm o paladar alterado. Assim, podem preferir os alimentos mais doces ou salgados para sentir melhor o sabor. A questão é que o açúcar em excesso sem a posterior limpeza dos dentes é um prato cheio para as cáries.

Há alguns pontos que merecem atenção quando se trata da saúde bucal dos idosos. Dessa forma, é necessário que eles tenham o costume de ir às consultas odontológicas regularmente para fazer a prevenção.

Gostou das nossas dicas para ter um sorriso saudável? Fique por dentro de outros conteúdos interessantes: é só curtir a nossa página do Facebook!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário