Ortodontia

O que é clareamento interno? Saiba quais as técnicas envolvidas!

dezembro 17, 2018
Tempo de leitura 5 min

O clareamento interno é um procedimento utilizado em alguns casos específicos, quando o paciente apresenta dentes escurecidos por problemas que afetam a estrutura dentária interna. Ele é necessário quando a técnica de clareamento tradicional, que é feita na parte externa dos dentes, não é suficiente para devolver a cor natural do sorriso.

É um tratamento bastante efetivo e que ajuda o paciente a melhorar sua autoestima, já que um sorriso bonito faz toda a diferença. Quer saber mais? Neste post, vamos explicar o que é o clareamento interno e quais técnicas são utilizadas para realizar o procedimento, além dos benefícios proporcionados pelo tratamento. Acompanhe!

O que é o clareamento interno e como ele funciona?

O clareamento dental interno é uma técnica de branqueamento utilizada para devolver a cor natural dos dentes. Embora o objetivo do tratamento seja o mesmo do procedimento convencional, a forma a qual ele é conduzido é diferente.

Nesse tipo de procedimento, o dentista faz uma abertura na parte de trás do dente para que ele consiga ter acesso ao local onde está a parte escurecida. Então, o profissional aplica o agente clareador, um composto químico a base de peróxido de hidrogênio.

O agente clareador é deixado na parte interna dos dentes por alguns dias, até que a cor natural do sorriso seja restabelecida. Nesse caso, o produto clareador deve ser trocado toda semana até que se atinja o resultado desejado pelo paciente e pelo profissional.

Em outras situações, o dentista ainda aplica o gel clareador no local e utiliza a luz de LED para potencializar a ação do produto e proporcionar resultados mais rápidos. Essa técnica também é idêntica àquela utilizada no clareamento convencional em consultório. Vale mencionar, porém, que o procedimento é feito em 1 ou 3 sessões, dependendo do grau de escurecimento dos dentes e dos efeitos desejados.

Em quais casos o procedimento é indicado?

O clareamento interno é indicado para casos extremos de escurecimento nos dentes, quando o procedimento convencional não consegue resolver o problema. Além de ser a técnica mais indicada para devolver a cor natural dos dentes que passaram por tratamento de canal, esse tipo de clareamento também é necessário em outras situações.

Por exemplo, em casos nos quais o paciente sofreu algum tipo de fratura nos dentes, que ocasionou hemorragias internas ou necrose na polpa — a parte mais interna do dente —, o sorriso também adquire um tom esteticamente desagradável. Nas ambas as situações citadas, o dente afetado passa ter uma cor acinzentada, o que prejudica bastante a beleza e harmonia da boca.

Quais são as vantagens do clareamento interno?

A principal vantagem do clareamento dental interno é o ganho estético. Afinal de contas, ninguém gosta de exibir um sorriso com dentes amarelados ou manchados, principalmente se o dente manchado aparece muito quando a pessoa sorri. 

Além disso, o tratamento é bastante seguro e não oferece riscos ao paciente, desde que seja realizado por um profissional capacitado. Não há perigo de haver desgaste no esmalte dentário, pois todo o processo é feito internamente. 

Os resultados são bastante satisfatórios e em poucas sessões, o paciente volta a ter um sorriso livre de manchas escuras. 

Existem riscos caso o paciente não queira fazer o clareamento?

Não, pois o clareamento dental é um tratamento puramente estético e, caso o paciente não passe pelo procedimento, sua saúde bucal não será afetada. No entanto, sua qualidade de vida pode ficar afetada devido ao desconforto de exibir dentes com uma coloração escurecida.

Em uma sociedade a qual o belo é exaltado, quem está fora dos padrões pode sofrer preconceito. Então, se uma pessoa tem um sorriso manchado, ela pode ser alvo de brincadeiras ofensivas e assim, ficar inibida a conviver com outras pessoas.

A autoestima baixa gera insegurança, que além de afetar os relacionamentos interpessoais, ainda prejudica as relações de trabalho.

Quais são os cuidados que o paciente deve ter durante o tratamento?

Os cuidados que o paciente deve ter ao realizar o clareamento interno são os mesmos de quando ele passa pelo procedimento externo. Durante o período de tratamento é importante evitar o consumo de alimentos e bebidas muito pigmentados, como vinho, beterraba, molhos prontos, café e diversos outros.

Comidas muito ácidas também devem ser evitadas nesse período, além de bebidas alcoólicas e cigarro. Aliás, quem deseja que o efeito do clareamento dure mais tempo deve abandonar o hábito de fumar.

Há outras opções além do clareamento dental interno?

Antes de indicar o clareamento interno o dentista vai fazer uma avaliação completa de seu quadro. O profissional, inclusive, solicita exames radiográficos. Assim, se durante a avaliação o dentista chegar a conclusão de que o procedimento não trará resultados satisfatórios, ele indicará outro tratamento para o paciente.

As melhores opções para quem tem dentes escurecidos que não respondem ao clareamento são as facetas de porcelana e lentes de contato dentais. Esses materiais são próteses ultrafinas, que são cimentadas na parte externa dos dentes, cumprindo suas funções estéticas e funcionais.

A lente de contato é uma prótese mais fina e, por isso, é mais comum que as facetas sejam utilizadas em casos graves de manchas nos dentes. Contudo, apenas o dentista pode avaliar o caso para dizer ao paciente exatamente qual seria a melhor opção para ele.

Em ambos os casos, o tratamento é indolor e em poucas sessões, o paciente sai do consultório com o sorriso renovado, É válido ressaltar, ainda, que se bem cuidadas essas próteses podem durar muitos e muitos anos.

No entanto, caso seu problema seja apenas manchas nos dentes que possam ser resolvidas com o clareamento interno, vale a pena conversar com o dentista para realizar o procedimento. Afinal de contas, a partir dessa conversa é que ele poderá dizer qual a opção mais adequada deixar seu sorriso livre de manchas.

Agora que você já sabe o que é o clareamento dental interno, está na hora de conhecer mais a respeito dos 5 tipos de procedimentos utilizados para remover manchas nos dentes. Confira o post que criamos sobre o assunto e tire todas as suas dúvidas sobre clareamento dental!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário