Agende sua avaliação

Lesão na polpa do dente: quais as causas e como tratá-la?

Tempo de leitura 3 min

A lesão na polpa do dente é um problema doloroso e incômodo para as pessoas. Sendo assim, é preciso entender os principais tipos e quais são os tratamentos recomendados para evitar complicações mais graves.

Além disso é importante manter medidas de prevenção para evitar a lesão na polpa do dente, além daquelas recomendações periódicas de limpeza bucal, uso diário do fio dental e visitas regulares ao dentista.

Quer saber mais sobre lesão na polpa do dente? Então, fique por aqui e descubra!

Afinal, o que é a lesão na polpa do dente?

A lesão na polpa do dente ou pulpite tem origem inflamatória na polpa dentária, que é a parte mais interna do dente. Esse problema causa dor intensa e se agrava na presença de estímulos como a mastigação ou ingestão de bebidas e alimentos quentes ou frios. Pode ser reversível, no caso da lesão inflamatória, ou irreversível quando é de origem infecciosa. Vejamos, a seguir, as causas de cada uma delas!

Lesão inflamatória

A lesão do tipo inflamatória ocorre devido a um trauma dentário, hipersensibilidade, presença de cárie ou problemas periodontais que podem ser resolvidos.

Lesão infecciosa

A lesão infecciosa é causada por bactérias e, por ser irreversível, será resolvida apenas com o tratamento de canal. Portanto, é necessária uma avaliação criteriosa do dentista para identificar a causa do problema e evitar a perda do dente.

Como se trata de uma lesão, o paciente sente dor latejante no local da inflamação principalmente no momento da mastigação pelo fato de pressionar a arcada dentária. Inchaço e “região quente” também são sintomas relatados pelos pacientes assim como dor ao ingerir alimentos com extremos de temperatura (ou muito frios ou muito quentes).

Quais são os riscos da lesão na polpa do dente?

Os principais riscos da lesão na polpa do dente é o tratamento de canal, e possivelmente uma intervenção cirúrgica para a resolução completa do problema. A perda do dente também é um risco a ser considerado.

agendamento

Nas situações clínicas menos complexas o uso de dessensibilizante ou anti-inflamatório são opções viáveis. Como a polpa é considerada o “nervo” do dente, é preciso investigar a extensão do problema e a indicação correta desses medicamentos.

Por isso, quando o paciente apresentar uma dor latejante no dente é importante procurar um dentista de confiança, que fará um diagnóstico do problema e instituirá medidas terapêuticas mais indicadas.

Como prevenir a lesão da polpa do dente?

A lesão da polpa do dente não ocorre por acaso, por isso é interessante se atentar para os fatores causais. Quando a origem for a cárie é fundamental fazer uma excelente limpeza dentária para evitar novos episódios.

Quando a lesão da polpa se desenvolver após um trauma no dente, é preciso monitorar essa região por um período, para observar se não desenvolverá um processo inflamatório e caso isso aconteça é possível intervir precocemente.

Se já estiver um problema na gengiva, é aconselhável buscar ajuda especializada para iniciar os tratamentos mais adequados, e monitorar a evolução clínica do paciente a fim de identificar outras complicações.

A lesão na polpa do dente é um problema sério e se não for tratado adequadamente pode trazer complicações para o paciente. Sendo assim, é recomendável identificar a causa do problema, procurar um especialista em endodontia e seguir o tratamento corretamente além instituir medidas de proteção para evitar novos episódios.

E você, gostou das nossas dicas? Então, não deixe de curtir nossa página no facebook e fique por dentro das nossas dicas e cuidados com a saúde bucal!

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.