Agende sua avaliação

Aparelho fixo pela segunda vez?! Saiba quando é necessário

Tempo de leitura 6 min
O que você sabe sobre saúde bucal? Venha descobrir!

Depois de muito tempo realizando o tratamento ortodôntico, o que os pacientes querem é comemorar o sorriso mais alinhado e sentir os dentes “livres” dos componentes metálicos. Porém, existem alguns casos em que é necessário usar aparelho fixo pela segunda vez.

Isso ocorre porque o tratamento não termina com a retirada dos fios, arcos e braquetes. É fundamental que o paciente tome os cuidados recomendados pelo ortodontista para evitar que os dentes mudem de posição e o procedimento de alinhamento tenha que ser refeito.

Quer entender em quais situações pode ser necessário refazer o tratamento de correção do sorriso? Confira nosso post!

Por que pode ser preciso usar aparelho fixo pela segunda vez?

Só de pensar nessa hipótese, muitos pacientes ficam bastante preocupados. Afinal, o tratamento exige restrições alimentares e um trabalho maior na hora da higienização bucal. Por isso, muitos sonham com o dia em que terão os dentes livres de todos os dispositivos metálicos, além de um sorriso mais alinhado e também bonito.

No entanto, em alguns casos, pode ser necessário usar aparelho fixo pela segunda vez. Você deve estar se questionando: então, o tratamento ortodôntico é ineficaz? Não, o procedimento para corrigir o posicionamento dos dentes e mordidas apresenta ótimos resultados, mas o que muita gente não sabe é que ele não termina na hora da retirada do aparelho.

É preciso mais uma etapa para garantir a estabilidade dos dentes. É a chamada contenção, essencial para que os dentes não sofram a recidiva ortodôntica, ou seja, se movimentem.

É algo fisiológico — após a retirada do aparelho, há uma tendência de movimentação dos dentes às posições anteriores. A recidiva é mais comum de ocorrer nos dentes incisivos inferiores.

São vários fatores que influenciam esse processo, como a mastigação, deglutição, posicionamento da língua e até a respiração. É preciso considerar ainda que as fibras dos dentes são elásticas, o que pode favorecer o desalinhamento após o tratamento.

Quais os cuidados o paciente deve ter para não precisar refazer o tratamento?

Apesar da vontade de se ver livre de qualquer dispositivo na boca, um cuidado fundamental do paciente após a retirada do aparelho é cumprir a etapa de contenção.

É uma fase que frustra muita gente, pois consiste, justamente, no uso de um novo aparelho que vai garantir que os dentes não se movimentem, de modo que o resultado do tratamento não seja perdido.

Tipos de aparelho de contenção

Existem dois tipos de aparelho de contenção, sendo um fixo e um móvel. É o dentista vai escolher o mais indicado para o seu caso.

O fixo é, na verdade, um fio metálico, que não aparece no sorriso. Fica colado na face interna dos dentes incisivos inferiores por um longo período, determinado pelo profissional.

Mas não é preciso se preocupar, pois a contenção fixa não vai atrapalhar seu estilo de vida nem impactar na aparência. O maior cuidado é na hora de higienizar, certificando-se de não deixar nenhum resto de alimento retido na peça, por isso é fundamental o uso do fio dental.

Além disso, caso a contenção quebre, é importante procurar o ortodontista para que ela seja substituída.

agendamento

Já a contenção móvel tende a ser o motivo de maior reclamação dos pacientes. Isso porque ela recobre os dentes e pode atrapalhar a fala no início até que o paciente se acostume com seu uso.

Geralmente, deve ser utilizada por 24 horas durante o primeiro ano e depois seu uso é reduzido para 12 horas.

A contenção deve ser retirada na hora da alimentação e limpeza dental, por isso, é importante carregar um estojo próprio para esses momentos. Além disso, o paciente deve se lembrar de higienizar a peça com a escova e creme dental.

Acompanhamento com o ortodontista

Após a retirada do aparelho fixo, as visitas ao ortodontista não podem parar. Os intervalos entre elas serão maiores, mas é importante continuar o acompanhamento. O problema é que muitos pacientes acham que não é mais necessário fazer avaliações depois da retirada do aparelho fixo, o que pode comprometer os resultados.

Na consulta, o profissional vai analisar a saúde bucal e posicionamento dos dentes, certificando-se de que a contenção está sendo utilizada de forma correta.

Higienização completa

Outro fator que pode ocorrer com os pacientes após a retirada do aparelho é descuidar da limpeza bucal. Contudo, é fundamental pensar não só na estética do sorriso, mas também na saúde bucal em geral. Assim, a higienização completa deve se tornar um hábito para evitar a placa bacteriana, a cárie e a gengivite.

Quais as alternativas caso tenha que usar aparelho novamente?

Caso o paciente não siga os cuidados necessários após a retirada aparelho do fixo, os dentes podem se movimentar. Então, o que fazer?

Muita gente não aceita ter que usar aparelho fixo pela segunda vez por conta de todos os cuidados que o dispositivo exige.

A boa notícia é que há uma alternativa para realinhar os dentes de forma que não exija tanto sacrifício do paciente. Os alinhadores ou aparelhos ortodônticos transparentes promovem a movimentação dos dentes com a vantagem de serem removíveis, confortáveis, bastante discretos e de apresentarem os resultados em um tempo mais curto.

São dispositivos altamente tecnológicos — produzidos em impressoras 3D — que se adequam perfeitamente à arcada do paciente. Assim, são quase invisíveis, ou seja, não aparecem ao falar ou sorrir.

Além disso, você não se priva de nenhum alimento, pois pode retirá-lo com facilidade durante as refeições, além de ter pouco trabalho na hora da higienização bucal.

No tratamento, ocorre a troca periódica dos alinhadores, feita pelo próprio paciente. Assim, as visitas ao dentista são mais rápidas, pois dispensam os ajustes do tratamento tradicional.

Agora você já sabe como é fundamental seguir as recomendações do ortodontista no pós-tratamento para evitar usar aparelho fixo pela segunda vez. Cumprindo todas as orientações, você exibirá um sorriso bonito e saudável e, assim, não será necessário refazer o procedimento.

Quer mais esclarecimentos sobre os cuidados após o uso do aparelho fixo ou sobre a opção dos alinhadores para transformar o sorriso? Entre em contato com a Odonto Company e tire suas dúvidas como time de especialistas!

será que eu preciso de aparelho

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

7 Comentários

  1. Tirei o aparelho, e sinto que meus dois dentes da frente na parte superior estão para frente…coloquei contenção …posso tirar a contenção para realinhar esses dois dentes?

    1. Olá Rosana, como vai? Nesse caso, você gostaria de voltar a usar o aparelho fixo?

  2. Tirei o aparelho tem 3 meses ,gostaria de saber se terei q começar do inicio como disse a dentista da odontocompany?

    1. Olá Vanessa, começar o quê, exatamente?

  3. Oi! Boa noite. Retirei o aparelho há 6 meses, no entanto não fiz o uso correto das contenções. Um espacinho abriu entre o meu pré-molar e o canino. Se eu fizer o uso correto das contenções desde já, esse espacinho pode ser fechado? Ou justamente a presença desse espaço atrapalhará a ação das contenções sendo necessário o retorno ao uso de aparelho fixo?

  4. Oi eu ja usei aparelho a algum tempo mas não cumpri todo o tratamento acabou caindo tudo desde de então sinto meus dentes mole o que faço.

    1. Olá Ketlin, como vai? Não é possível respondê-las de uma maneira resumida. Isso porque devemos levar em consideração as particularidades de cada caso, de cada paciente. Agende já uma avaliação gratuita com um de nossos especialistas na OdontoCompany mais próxima de você pelo link https://odontocompany.com/

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.