Agende sua avaliação

Prótese adesiva: o que é e quais são as vantagens?

Tempo de leitura 6 min

A prótese dentária é um tratamento odontológico para quem perdeu um ou mais dentes, que ajuda na recuperação da autoestima, além de devolver as funções bucais, como a mastigação, comunicação e respiração. Existem vários tipos de dispositivos protéticos, entre eles, a prótese adesiva. Você sabe para que ela serve e quais suas características?

Neste conteúdo, falaremos quais são os materiais utilizados na confecção da prótese adesiva, quando o tratamento é indicado para o paciente e quais são as contraindicações de uso à peça. Ao final, o artigo detalha as principais vantagens e desvantagens associadas à essa solução, que tem ganhado cada vez mais espaço nos consultórios.

Continue a leitura e descubra informações importantes sobre o assunto!

Afinal, o que é prótese adesiva?

Antes de tudo, é preciso compreender que a prótese adesiva se trata de um dispositivo artificial apoiado em dentes adjacentes (vizinhos), por meio de três estruturas:

  • aletas metálicas: mecanismo que prende a prótese à arcada dentária;
  • aletas não-metálicas: mecanismo fabricado, geralmente, com resina para sustentar a prótese na cavidade oral;
  • adesivos odontológicos.

Em todo caso, a prótese adesiva, que pode ser utilizada de forma temporária e permanente, é aplicada para suprir a ausência de um ou mais dentes, melhorando as funções e a aparência do sorriso.

Quais são os materiais utilizados na prótese adesiva?

Ao conhecer as estruturas que compõem a prótese adesiva, é comum se perguntar quais são os materiais utilizados na confecção da peça, não é mesmo?

Na verdade, o dispositivo protético pode ser fabricado com porcelana e fibra de vidro, além de usar diferentes tipos de resina, como a acrílica, a bisacrílica e a resina composta, conhecidas pela resistência e similaridade à dentição natural.

Quando a prótese adesiva é indicada?

A indicação para uso da prótese adesiva depende, inicialmente, da avaliação realizada pelo cirurgião-dentista na clínica, a partir da qual o profissional diagnostica o problema e observa a necessidade de tratamento para a perda dentária.

Entretanto, em geral, a prótese adesiva é recomendada para quem precisa da reposição de um ou vários dentes, sobretudo, para a perda de dentição na região anterior (incisivo central e lateral) e de segundo dente pré-molar.

Igualmente, o tratamento pode ser utilizado no período de osseointegração do implante dentário, quando o dispositivo está em processo de ancoragem no tecido ósseo humano.

Lembrando que, antes da confecção e da colocação da prótese adesiva na cavidade, o paciente deve realizar exames radiográficos para verificar a saúde dos dentes adjacentes.

A consulta também deve avaliar, no momento anterior à intervenção cirúrgica, se há presença de cárie e quantidade de osso de suporte suficiente para a colocação da prótese.

Quais são as contraindicações à prótese adesiva?

A prótese adesiva não é uma opção viável para todos os casos de reposição de dentes, já que pacientes com bruxismo (condição que se caracteriza pelo ranger involuntário dos elementos dentários), mobilidade dentária (amolecimento dos dentes) e sorriso gengival (exposição exagerada da gengiva) devem recorrer a outros métodos para melhorar as funções e a estética bucal.

Além dessas contraindicações, a prótese adesiva não é recomendada para quem requer algum destes tratamentos:

  • reposição de caninos e molares perdidos;
  • reposição de dois ou mais dentes localizados lado a lado na arcada;
  • e local previamente tratado com restaurações que, por motivo específico, começam a se desgastar e a comprometer a estrutura dentária.

Quais são as vantagens da prótese adesiva?

Agora que você já sabe quais são as indicações da prótese adesiva, é importante conhecer as vantagens associadas à técnica protética. Veja as principais!

Preço mais baixo

O fator econômico é um dos grandes benefícios da prótese adesiva, dispositivo considerado mais barata em relação a outras técnicas protéticas. Isso se deve, entre outras razões, ao fato de que o procedimento pode ser concluído rapidamente. Bastam poucas visitas ao consultório do dentista para voltar a sorrir sem medo.

Tratamento rápido para fins estéticos

A prótese adesiva é um procedimento mais rápido e barato para o paciente, sobretudo, quando a solução é comparada à prótese fixa, que demora até 6 meses para ser finalizada. Considerado um dos tratamentos mais curtos para quem precisa de reabilitação oral com fins estéticos, a técnica adesiva é concluída em até duas semanas pelo profissional.

Boa estratégia para próteses provisórias

A técnica adesiva é ideal para pacientes que não podem se submeter, por exemplo, ao processo de colocação do implante dentário devido a falhas na estrutura óssea. A solução também é recomendada para repor a perda de um ou dois elementos dentários, principalmente os dentes incisivos e frontais.

Que desvantagens estão associadas à prótese adesiva?

A prótese adesiva traz muitas vantagens para o paciente, mas, quando comparada a outras opções, pode deixar a desejar devido à baixa durabilidade, à possibilidade de cair e à dificuldade de usar fio dental durante a rotina de cuidados com a boca. Saiba mais detalhes a seguir!

Possibilidade de cair em caso de deslocamento

Quando comparada a outras técnicas protéticas, uma das desvantagens da prótese adesiva é o fato de o dispositivo ter menos resistência a fortes impactos. Essa característica aumenta os riscos de descolamento e, consequentemente, requer um maior cuidado do paciente, seja com a higienização bucal adequada, seja com o número de visitas ao consultório do dentista.

Dificuldade de uso do fio dental

Por fim, a prótese adesiva pode abrir espaço na boca deviso ao deslocamento de uma das aletas que sustentam a peça na arcada dentário. E, como é difícil usar fio dental na região tratada, pode ocorrer o acúmulo de bactérias, cenário propício para o surgimento de inflamações bucais, cárie, gengivite (inflamação na gengiva) e periodontite (quadro grave de gengivite), por exemplo.

Neste texto, você descobriu o que é, qual é a funcionalidade e para que quadro clínico a prótese adesiva é indicada. O método, considerado um dos mais rápidos para fins estéticos e com um ótimo custo-benefício, deve ser executado por um cirurgião-dentista qualificado e experiente, redobrando a atenção com os exames para melhorar a qualidade de vida da pessoa.

Este conteúdo foi relevante para você? Então, que tal continuar se informando sobre saúde oral? Siga-nos em nossas redes sociais e receba outros materiais interessantes sobre o assunto. Estamos no Facebook, no Instagram, no YouTube e no LinkedIn!

Quer receber mais conteúdo como esse de graça?

Cadastre-se para receber nosso conteúdo por e-mail.

E-mail cadastrado com sucesso
Ops! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, verifique se o captcha está correto.

4 Comentários

    Vcs atende a onde. Eu moro em São Gonçalo rj.

      Olá, Marcos, como vai? Nós temos uma unidade perto de você,
      consulte através desse link https://odontocompany.com/clinicas
      Espero ter ajudado.

    Essa prótese só serve pra quem ainda tem algum dente natural ,estou certa?

      Olá, Noemia, como vai? Sim, apenas para quem possui dentes naturais, mas existem diversas outras opções para pessoas que não têm mais dentes naturais, como as próteses totais e sobre implantes!
      Agende já uma avaliação gratuita com um de
      nossos especialistas na OdontoCompany mais próxima de você pelo link, e
      tire todas as suas dúvidas https://odontocompany.com/clinicas.

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.