Implantes

Entenda como deve ser feita a manutenção de dentes implantados

julho 24, 2019
Tempo de leitura 5 min

O implante dentário vai transformar a vida do paciente. Afinal, depois de perder um ou mais dentes, quem não quer exibir um sorriso bonito, falar e mastigar normalmente? No entanto, é preciso destacar que esse tratamento é complexo, longo e, portanto, não termina depois da cirurgia.

Isso mesmo! O sucesso do procedimento vai depender da disciplina e dos cuidados do indivíduo em fazer corretamente a manutenção de dentes implantados para garantir uma cicatrização adequada e evitar a perda óssea. Não é algo complicado, apenas vai exigir a mudança de alguns hábitos e o acompanhamento com o dentista.

Quer saber como é feita essa manutenção? Então, continue a leitura e descubra como a cooperação do paciente é essencial nesse processo!

Como é realizada a manutenção de dentes implantados?

Depois que a pessoa faz a cirurgia do implante dentário, são necessários alguns cuidados. Por isso, o dentista utiliza um protocolo que define o retorno do paciente ao consultório a cada 6 meses no primeiro ano e, a partir do segundo ano, a consulta passa a ser anual.

Já o retorno de paciente pré-dental é feito a cada 4 meses no primeiro ano para que o profissional possa acompanhar mais de perto o caso. São indivíduos que perderam os dentes porque tiveram dificuldades na manutenção da higiene bucal. Dessa maneira, mesmo após a colocação dos implantes, a tendência é que essas pessoas continuem a ter problemas para fazer a limpeza da maneira adequada, principalmente, das próteses fixas sobre o implante.

Na consulta de manutenção de dentes implantados, o dentista faz a avaliação da condição de saúde bucal e do estado dos implantes. Ele remove as próteses, faz a limpeza, tira os parafusos e realiza a troca, se necessário. É importante averiguar se houve acúmulo de placa bacteriana e tártaro nas próteses para não comprometer o tratamento.

Radiografias

Além disso, o especialista faz uma radiografia com o objetivo de descobrir se ocorreu perda óssea, ou seja, saber se a estrutura ao redor dos implantes está se mantendo bem. É um procedimento fundamental, pois ele compara o exame que foi feito após a instalação dos implantes com os que são realizados depois de 6 meses ou de um ano na consulta de manutenção.

Outro ponto importante é que o paciente, antes de fazer o tratamento, esteja ciente de que existem taxas que são cobradas nas consultas de retorno e manutenção.

Quais cuidados o paciente deve ter depois de colocar os implantes?

Além das consultas, a manutenção dos dentes implantados inclui também algumas mudanças nos hábitos dos pacientes, como mania de roer unhas ou de abrir objetos com a boca. O indivíduo deve se policiar ao máximo para evitá-los, porque pode haver desgaste e trinca da estrutura de porcelana das próteses, fazendo com que o paciente tenha que fazer a substituição da peça.

Outra situação que deve ser considerada é o bruxismo, que é o ranger exagerado dos dentes, principalmente na hora de dormir. Dependendo da situação, para que esse problema não comprometa o sucesso do procedimento, pode ser necessário o uso placas miorelaxantes.

Alimentação

A alimentação também é um ponto que requer cuidado quando trata-se de dentes implantados. A pessoa precisa selecionar os alimentos e evitar aqueles muito duros, como torresmo, ou ainda quebrar pata de caranguejo com o dente, por exemplo. Além disso, é necessário evitar alimentos mais ácidos, como refrigerantes e sucos cítricos, para não haver desgaste da superfície dental.

Higienização bucal

É necessário ainda fazer a limpeza bucal completa sempre após as refeições e antes de dormir. Muita gente pensa que, como o dente é artificial, não é preciso tanto cuidado nessa parte. Pelo contrário: pode haver acúmulo de tártaro na prótese e infecção da gengiva.

Por isso, o paciente deve utilizar uma escova de cerdas macias, creme dental com flúor e não se esquecer de usar o fio dental pelo menos uma vez ao dia para que a boca fique completamente limpa. 

E quanto aos fumantes? Quais cuidados devem ter?

A questão fica bem delicada quando relacionamos tabagismo e implante dentário. Isso porque esse é um tratamento de reabilitação oral que, para ter sucesso, é preciso que haja uma boa cicatrização, ou seja, que a osseointegração ocorra sem problemas.

Contudo, a nicotina e outras substâncias nocivas do cigarro dificultam a cicatrização óssea e deixam o paciente mais propenso a sofrer com infecções. Assim, em fumantes, a perda de implante dentária pode ser dez vezes maior do que em uma pessoa que não tem o vício.

Então quem é fumante não pode colocar o implante dentário? Depende do compromisso desse paciente em largar o cigarro. Por isso, se ele decidir fazer o procedimento odontológico, o dentista o faz assinar um termo alertando sobre a probabilidade maior de haver perda do dispositivo.

O indivíduo também deve se comprometer a deixar de fumar ou a pelo menos diminuir a quantidade de cigarros enquanto está em tratamento e em até 2 ou 3 meses após a cirurgia, que é o período para ocorrer a cicatrização óssea do implante dentário.

Se for preciso, o dentista faz, inclusive, um encaminhamento para um profissional que vai auxiliar o paciente nessa etapa, como um psiquiatra ou psicólogo. Existem muitas medicações para a pessoa deixar de fumar e, com muito empenho e apoio da família, ela pode ter sucesso nesse processo e conseguir fazer a cirurgia de implante sem contratempos.

Saber que vai ficar com um sorriso bonito pode até mesmo servir de motivação para que essas pessoas abandonem o vício e vivam melhor, já que o cigarro traz problemas não só para a boca, mas para a saúde de uma forma geral.

O procedimento de colocar o implante só será bem-sucedido se o paciente fizer a manutenção de dentes implantados da forma adequada. É só ter disciplina para seguir à risca todas as recomendações do dentista e, assim, exibir um sorriso saudável e bonito, o que vai, inclusive, elevar sua autoestima.

Perdeu um ou mais dentes e quer voltar a sorrir com segurança? Entre em contato com a equipe de especialistas da OdontoCompany e descubra todas as vantagens do tratamento de implante dentário!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário