Agende sua avaliação

Veja quais os cuidados ao iniciar o tratamento dentário na gravidez

Tempo de leitura 3 min

Durante o período gestacional, a mulher passa por diversas transformações hormonais, e isso influencia no tratamento odontológico, pois a gengiva fica mais sensível e propensa à doenças. Por esse motivo, realizar tratamento dentário na gravidez exige cuidado redobrado.

Além disso, o profissional envolvido no atendimento da gestante precisa estar atento a fatores como: a duração do procedimento, a dosagem de anestésicos, a medicação que será administrada e a posição na cadeira.

Neste post, falaremos mais sobre esses cuidados necessários ao iniciar tratamento dentário na gravidez. Acompanhe!

As grávidas podem fazer tratamento odontológico?

Essa é uma dúvida comum entre as gestantes, visto que nesse momento único, muitos aspectos influenciam no desenvolvimento corporal da mulher. Além disso, diversas patologias bucais podem surgir nesse período, visto que os enjoos frequentes provocam alterações nos dentes e ocorre uma mudança das bactérias presentes na boca também.

Em decorrência disso, a gestante tem uma alta chance de desenvolver cáries e doenças periodontais. Portanto, o tratamento odontológico em grávidas é possível, desde que o profissional seja capacitado e saiba resolver o problema respeitando as limitações da mulher.

Quais são os cuidados necessários em um tratamento dentário na gravidez?

É fundamental cuidar do sorriso e da saúde bucal em todos as fases da vida. No entanto, na gravidez, os cuidados precisam ser duplicados, a fim de que nem a mulher nem o bebê sejam afetados.

Listamos abaixo alguns cuidados a serem tomados nesse período. Veja!

Buscar um profissional qualificado

Isso faz toda a diferença no tratamento, por isso, é importante buscar uma clínica odontológica que seja referência no mercado e que tenha na sua rede de colaboradores, profissionais qualificados e que saibam realizar atendimento exclusivos para as gestantes.

Evitar certos medicamentos

Durante a gravidez, é importante ter um acompanhamento médico durante todos os meses. Além disso, é importante que a gestante não se automedique, visto que nem todas as drogas podem ser tomadas durante essa fase da vida. Logo, anti-inflamatórios, por exemplo, são remédios que devem ser evitados.

Converse com o seu dentista

Antes de realizar qualquer procedimento odontológico, é preciso informar o dentista das suas limitações, das doenças prévias e sobre a gravidez. Isso se deve ao fato de procedimentos em grávidas serem realizados após o segundo trimestre de gestação —período em que a mulher já passou do período crítico.

Esteja atento à realização de exames

A gestante precisa tomar muito cuidado na hora de se submeter a alguns tipos de exame. As radiografias odontológicas ,por exemplo, são consideradas seguras, porém, em alguns casos são contraindicadas. Dessa maneira, é aconselhado tirar as dúvidas com o seu dentista.

Por fim, é importante que a gestante esteja consciente dessas questões e busque zelar pela saúde bucal, afinal, problemas como a gengivite, periodontite e cáries são desencadeados da falta de higienização ou até pela falta de orientação.

Assim, realizar um tratamento dentário durante a gravidez pode ser uma alternativa viável para mulheres que sofrem com alguma patologia bucal, porém é preciso procurar um profissional experiente na área e que te passe segurança durante as etapas do tratamento.

Gostou do nosso post? Então, não perca tempo e curta a nossa página no Facebook para ficar por dentro de mais novidades!

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

2 Comentários

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.