Ortodontia

Tem muito medo de ir ao dentista? Veja como mudar esse cenário!

abril 26, 2019
Tempo de leitura 3 min

Você transpira só de pensar em sentar na cadeira do dentista? Treme quando lembra do som do motorzinho? Saiba que esse medo tem nome, e é mais comum do que você imagina: estamos falando da odontofobia.

O medo de ir ao dentista, normalmente, é desenvolvido a partir de experiências anteriores dolorosas, que acabaram gerando um trauma. Também é comum que muitos pacientes sintam pavor do barulho do motor ou da agulha de anestesia  desencadeando a crise de ansiedade.

Algumas pessoas, ainda, criam um pavor permanente de dentistas, após serem tratados por um profissional com frieza ou de forma áspera. Seja qual for o motivo que levou você a desenvolver a fobia, deixar de frequentar o dentista não é uma opção.

Por isso, selecionamos algumas dicas para você driblar o problema e encarar essa visita, que pode não ser tão agradável à primeira vista. Acompanhe!

Seja determinado

O primeiro passo é entender que você precisa superar o medo de ir ao dentista e enfrentar esse problema pelo bem da saúde dos seus dentes. Muitos pacientes acabam adiando as visitas e gerando problemas mais sérios, necessitando de tratamentos mais agressivos.

Tenha em mente que a dor só será sentida se você deixar a saúde bucal de lado. A odontologia está avançando cada dia mais, e os procedimentos são pensados para proporcionar o menor desconforto possível. Portanto, não há razão para se desesperar!

Marque a consulta para o dia mais próximo possível

Essa dica pode ajudar a lidar com a ansiedade. Ao marcar uma consulta, tente agendá-la para o mesmo dia ou, no máximo, para o dia seguinte. Assim, você não ficará muitos dias pensando sobre o assunto e as chances de desistir serão menores.

Escolha um profissional que deixe você tranquilo

A melhor forma de manter o seu sorriso bonito é frequentando um dentista com periodicidade. Para quem tem a fobia, o ideal é encontrar um profissional de confiança para fazer o acompanhamento durante toda a vida.

Para isso, busque indicações de amigos e familiares e tente marcar consultas com pelo menos três profissionais diferentes, para avaliar qual lhe deixa mais à vontade.

Mostre seu medo para o dentista

É importante que o profissional esteja ciente do seu medo para que possa lidar com isso da melhor forma possível. Antes de começar, vocês podem combinar alguns sinais, como levantar a mão, caso sinta alguma dor ou desconforto.

Escute sua playlist favorita durante a consulta

Seu problema é com o barulho do motorzinho? Nesses casos, um fone de ouvido com a sua playlist preferida pode ajudar a relaxar e passar pela consulta sem pânico. Além disso, os equipamentos modernos são muito mais silenciosos, melhorando a experiência de quem sente medo.

Frequentar um dentista com regularidade é muito importante para garantir a sua saúde bucal e autoestima. Por isso, não deixe o medo impedir esse cuidado!

Para isso, peça a companhia de alguém de confiança, respire fundo e se esforce para encontrar técnicas para superar o problema. Caso seja necessário, um psicólogo pode ajudá-lo a lidar com o medo de ir ao dentista.

Gostou das dicas? Assine nossa newsletter e receba todas as novidades diretamente em seu e-mail.

Você também pode gostar

1 comentário

  • Avatar
    Responder Jane Silva de Jesus Santos abril 28, 2019 at 5:53 am

    Sinto muito medo sim. Com isso percebo que a cada dia acoisa está ficando muito feia gostaria de começar um tratamento urgente.

  • Deixe um comentário