Agende sua avaliação

Saburra lingual: quais as causas e como combatê-la?

Tempo de leitura 3 min

A saburra lingual, uma camada esbranquiçada ou amarelada na língua, é um fenômeno comum e, muitas vezes, inofensivo. No entanto, pode ser indicativo de problemas de saúde subjacentes ou de hábitos de higiene bucal inadequados. Compreender as causas dessa condição e aprender estratégias para combatê-la é essencial para manter a saúde bucal em dia.

Neste post, conheça as principais causas da saburra lingual e confira maneiras eficazes de combatê-la, promovendo, assim, uma melhor saúde oral e bem-estar geral. Continue a leitura e confira!

O que é a saburra lingual e quais as suas causas?

Trata-se daquela camada de cor esbranquiçada ou amarelada que se acumula na superfície da língua, podendo ser um reflexo de diversos fatores. Entre as causas mais comuns, destacam-se hábitos alimentares, higienização bucal inadequada e até mesmo o estado emocional.

O jejum prolongado, por exemplo, pode contribuir para o surgimento dessa película na língua, assim como a falta de escovação frequente ou uma técnica de higiene oral ineficiente.

Ainda, o estresse também pode desempenhar um papel significativo, impactando não apenas a saúde geral, mas também a saúde bucal. Além disso, uma dieta rica em alimentos muito pastosos pode propiciar o acúmulo de resíduos na língua, contribuindo para a formação da saburra.

Ademais, é importante destacar que a saburra lingual pode ser um indicativo não apenas de questões superficiais, como a higienização, mas também de problemas de saúde subjacentes, como desequilíbrios na flora bacteriana bucal ou até mesmo problemas gastrointestinais.

Ao compreender esses fatores que contribuem para a formação da saburra lingual, torna-se mais viável adotar estratégias eficazes para combatê-la e promover uma saúde bucal mais sólida e equilibrada.

 O que fazer para combater a saburra lingual?

Para combater a saburra lingual e manter a saúde bucal em dia, é fundamental adotar uma rotina de higiene oral eficiente. Algumas medidas simples podem fazer toda a diferença:

  • escovação regular: escovar os dentes nos horários adequados, ao menos, duas vezes ao dia, usando cerdas macias e creme dental com flúor;
  • bochechos: após as escovações e refeições, realizar bochechos com água ou enxaguante bucal sem álcool para eliminar resíduos alimentares e bactérias;
  • escovação da língua: utilizar um limpador de língua ou a própria escova de dentes para limpar delicadamente a língua, removendo resíduos que contribuem para a formação da saburra;
  • uso do fio dental: não esquecer do fio dental! Ele é necessário para remoção de resíduos entre os dentes e ao redor da gengiva, áreas onde a escovação pode não alcançar completamente;
  • alimentação saudável: optar por uma dieta balanceada, rica em frutas, verduras e fibras, além de evitar o consumo excessivo de alimentos pastosos, açucarados ou gordurosos que podem contribuir para o acúmulo de saburra na língua;
  • hidratação adequada: manter-se bem hidratado ajuda na produção de saliva e auxilia na limpeza natural da boca, reduzindo o acúmulo de resíduos na língua.

Ao incorporar esses hábitos na rotina diária de cuidados com a saúde bucal, é possível reduzir significativamente a formação da saburra lingual e promover uma boca mais saudável e fresca.

E aí, curtiu o conteúdo sobre as causas e o tratamento da saburra lingual? Então, continue por aqui e descubra o que fazer quando estiver com a língua ardendo. Não deixe de conferir!

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.