Ortodontia

Restauração dentária: 7 dúvidas frequentes sobre o assunto

março 15, 2019
Tempo de leitura 5 min

A restauração dentária é um dos tratamentos mais procurados dentro dos consultórios, pois além de melhorar a estética do sorriso, o procedimento ainda restabelece as funções mastigatórias dos dentes. É um procedimento simples, rápido e indolor, mas muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre como ele funciona.

Por isso, criamos este post para responder às dúvidas mais frequentes em relação a ele. Ficou curioso? Então continue a leitura e confira informações valiosas sobre o tratamento de restauração.

1. O que é uma restauração dentária?

A restauração dentária é o processo que consiste na reconstrução de um dente danificado, seja por cárie ou por algum tipo de trauma ou fratura. O tratamento visa restabelecer as funções mastigatórias do dente e também devolver a estética perdida por causa de algum problema.

As restaurações podem ser de resina composta ou porcelana — que são materiais que se assemelham à cor dos dentes —, de amálgama — uma liga de mercúrio, prata, cobre, estanho e algumas vezes zinco — ou de ouro.

O processo de restauração pode ser feito na boca do paciente, no caso de cáries ou pequenos reparos, ou fora da boca, quando a reconstrução é maior. No segundo caso, é confeccionada uma peça, que é fixada no dente pelo dentista.

2. Quando o tratamento é indicado?

O tratamento de restauração dentária é indicado para casos em que o paciente está com cáries. Isso porque a deterioração é retirada com o uso de brocas e isso compromete a estrutura do dente. Então, essa parte precisa ser reconstruída para que o dente cumpra suas funções e para que não haja infiltrações por bactérias, que podem causar uma deterioração maior ainda.

A restauração também é necessária quando o paciente sofre algum tipo de trauma ou fratura que comprometa a estética e a funcionalidade dos dentes.

3. Como funciona o tratamento de restauração nos dentes?

Quando a restauração é feita por causa da incidência de cáries, primeiro é removida a parte estragada do dente. Depois disso, o dentista limpa a área que foi afetada e preenche a cavidade com o material de restauração. 

Quando a reconstrução é feita por causa de um trauma ou fratura, o dentista vai cobrir aquela falha com o material específico para que o dente volta à sua forma normal. Em casos nos quais há a necessidade de confeccionar uma peça maior, o profissional tira um molde da boca do paciente e envia para o laboratório para que a peça seja confeccionada.

4. Quais são os cuidados necessários com uma restauração?

Embora seja um procedimento simples e não invasivo, o tratamento com a restauração dentária pede alguns cuidados básicos. Logo após a restauração, o dentista vai orientar o paciente quanto a algumas precauções que precisam ser tomadas nas primeiras horas depois do procedimento.

Dependendo do tipo do material aplicado e de qual dente foi tratado, pode ser necessário permanecer de jejum ou evitar alguns alimentos por algumas horas. Mas, na maioria dos casos, isso não é necessário.

5. Quanto tempo dura uma restauração no dente?

Os materiais utilizados para fazer a restauração dentária são bastante duráveis e podem ser conservados durante muitos e muitos anos. Nem sempre é possível falar de uma durabilidade exata, pois isso depende muito dos hábitos e cuidados do paciente com sua restauração.

Falamos isso porque, a partir do momento que o dente passa por uma reconstrução, principalmente se ela for muito extensa, é necessário tomar alguns cuidados com a alimentação. Nesses casos, o paciente deve evitar alimentos muito duros para evitar que a restauração sofra traumas ou fraturas.

Quando a reconstrução é feita com resina composta em um dente que fica muito visível, o paciente ainda deve evitar o consumo excessivo de alimentos muito pigmentados e cuidar muito bem de sua higiene bucal. Isso porque esse material tende a mudar de cor com o passar dos anos.

6. Qual a diferença entre restauração e obturação?

Não há uma diferença muito grande entre obturação e restauração dentária. A principal distinção se deve ao tipo de material que é utilizado. A obturação é um processo que visa reconstruir, principalmente, a funcionalidade dos dentes, ou seja, a estética nesse caso vem em segundo plano.

No processo de obturação, a preocupação do dentista é fechar a cavidade deteriorada por cárie para que o dente não sofra novos danos. Nesse caso, era bastante comum o uso de amálgama, que apesar de ser um material bastante eficiente, não é esteticamente agradável.

Já a restauração dentária visa reconstruir o dente de forma que ninguém perceba que ele passou por algum tipo de tratamento. Por isso, são utilizados materiais da cor dos dentes, como a resina composta e a porcelana. 

7. Como saber se preciso me submeter ao tratamento de restauração?

Para saber se você precisa de uma restauração dentária ou não é preciso passar pela avaliação de um cirurgião-dentista. Se você tem problemas com cáries ou tem um dente quebrado ou fraturado, o ideal é marcar uma consulta para que o profissional faça o tratamento.

Caso você tenha restaurações antigas e identifique algo de errado, também deve marcar uma consulta. Reconstruções mal-feitas ou que já têm muito tempo podem sofrer com infiltrações, problema que se não for resolvido logo de início pode levar o paciente à perda dentária.

Mas somente depois de fazer uma avaliação criteriosa o profissional é capaz de dizer a você a necessidade do tratamento. Dependendo do caso, ele vai pedir exames radiográficos para ter certeza de seu quadro.

Vale ressaltar que, embora a restauração dentária seja um procedimento não invasivo, o tratamento só pode ser feito por profissionais devidamente qualificados. Um dentista mal-preparado pode utilizar um material de baixa qualidade ou não realizar o procedimento da forma adequada, o que vai trazer prejuízos tanto para sua saúde bucal quanto para seu bolso.

Gostou do post e quer saber onde encontrar dentistas qualificados para cuidar de seu sorriso? A Odonto Company é uma rede de clínicas odontológicas completa que oferece diversos tipos de tratamento com qualidade. Entre em contato conosco e agende uma avaliação sem compromisso.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário