Entenda o que é a projeção financeira e sua importância para uma franquia

Tempo de leitura 4 min

Todo empreendedor, seja qual for seu segmento de atuação, precisa ter um ótimo controle sobre o fluxo do capital no negócio. Uma das principais ferramentas que ajudam nesse processo é a projeção financeira. Especialmente para o proprietário de uma franquia, conseguir fazer o planejamento do faturamento e dos gastos mensais é algo essencial para avaliar o retorno do investimento.

Neste artigo, você saberá melhor a respeito da projeção financeira, bem como ficará por dentro de sua relevância para a sustentabilidade da empresa. Continue a leitura!

O que é uma projeção financeira?

Trata-se de uma espécie de previsão de receitas e despesas que um negócio espera como fruto de suas operações em determinado período de tempo. Pode ser elaborada em qualquer estágio do desenvolvimento da empresa, seja antes mesmo do início das atividades, no começo de um novo ciclo anual ou no lançamento de um produto ou serviço.

Nem sempre fazer essa projeção é fácil, já que se refere a um exercício de antevisão do futuro. Logo, para que sejam geradas de maneira realista e não representem apenas um “chute”, essas previsões devem estar embasadas em dados históricos, perspectivas setoriais, pesquisas de mercado, dentre outras metodologias capazes de trazer informações que aumentem o grau de acerto.

Ainda, para estabelecer um orçamento para os próximos períodos de maneira antecipada e consistente, é preciso considerar o volume de transações de venda, os contratos já estabelecidos com fornecedores, custos dos estoques, despesas estabelecidas, tendências econômicas e de mercado, além das movimentações dos concorrentes.

Powered by Rock Convert

Por que é importante fazer uma projeção?

A projeção financeira serve como um guia comparativo de avaliação das expectativas iniciais com os resultados práticos. Quando você investe em uma franquia odontológica, por exemplo, espera conseguir recuperar esse montante e lucrar após um período. Então, é fundamental ter noção daquilo que se pretende faturar com o passar dos dias, bem como dos gastos necessários para suportar a operação.

Assim, caso algo não saia em conformidade com o que foi projetado, você será capaz de agir, tanto para buscar formas de melhorar a captação e receitas quanto para encontrar maneiras de reduzir custos e despesas. Quando não se tem esses parâmetros, pode demorar muito tempo para conseguir identificar que a situação não está boa e isso não será tão efetivo em suas ações de recuperação.

Powered by Rock Convert

Além disso, um bom planejamento financeiro permite avaliar o que precisa ser feito para que seu negócio cresça ao longo dos anos. É possível identificar as principais alavancas geradoras de resultado.

Dúvidas, como “é melhor investir em marketing para captar mais clientes ou adquirir um equipamento novo e diversificar os serviços prestados?” podem ser respondidas quando você comparar suas projeções com o que for realizado de fato.

Como fazer a projeção financeira?

Para iniciar, é preciso adquirir um conhecimento mínimo sobre metodologias e ferramentas habitualmente utilizadas em finanças para você se familiarizar com peças contábeis, como o demonstrativo do resultado do exercício (DRE) e o balanço patrimonial (BP). Ainda, é necessário entender a lógica de construção de um fluxo de caixa, tanto para o controle gerencial no dia a dia quanto para avaliar os investimentos.

A partir desse entendimento, será possível expandir as análises e construir projeções que sejam, de fato, realistas e consistentes. Para tanto, é preciso fazer estimativas dos requisitos financeiros e da utilização do capital, para subsidiar as decisões.

A previsão financeira é uma parte crítica do planejamento de negócios. Embora muitos desses eventos sejam imprevisíveis, é muito possível elaborar planos que aumentem sua capacidade de lidar com os riscos inerentes ao negócio.

Sendo assim, crie diferentes cenários — um otimista, um realista e um pessimista. Determine quais serão as ações de contingência e as providências que serão tomadas em cada um deles. Mantenha o controle do que está sendo realizado para que a comparação com as projeções possa ser feita de maneira correta.

A projeção financeira é, portanto, uma das atividades mais importantes para o gestor de um negócio. Sem ela, é difícil saber se as iniciativas implementadas na rotina estão sendo suficientes para que tudo aconteça como se espera. Logo, investir nesse conhecimento aumenta muito as chances de sucesso!

O conteúdo foi útil? Então, assine nossa newsletter e não perca mais nenhum de nossos artigos!

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.