Ortodontia

Pré-natal odontológico: por que é tão importante? Venha descobrir!

junho 10, 2019
Tempo de leitura 6 min

Quando uma mulher descobre que está grávida, ela rapidamente marca todas as consultas médicas necessárias para manter controlada a sua saúde a de seu bebê. No entanto, grande parte das gestantes se esquece ou dá importância para o pré-natal odontológico. Isso porque a maior parte das pessoas não tem consciência da importância do acompanhamento do dentista durante a gestação.

O pré-natal odontológico é importante para manter a saúde bucal da mãe e garantir que o bebê nasça com saúde. Quando a gestante tem cáries ou doenças nas gengivas, as bactérias presentes na boca podem cair na corrente sanguínea, causando danos ao feto.

Ficou curioso e quer saber mais informações a respeito? Então confira o post que criamos especialmente sobre o assunto! Ao longo do texto, explicaremos o que é o pré-natal odontológico e sua importância para a saúde bucal da mãe e de seu bebê.

O que é o pré-natal odontológico?

O pré-natal odontológico é um acompanhamento que a gestante faz com o dentista para evitar que problemas de saúde bucal já instalados se agravem. Essa assistência também serve como medida preventiva ao aparecimento de outras doenças.

O acompanhamento também serve para o dentista orientar a futura mamãe sobre os cuidados com a amamentação e com a saúde bucal de seu bebê.

Qual a importância do pré-natal odontológico para a gestante e o bebê?

Durante a gestação, o corpo da mulher sofre com alterações hormonais, o que deixa a boca mais suscetível ao aparecimento de doenças, como infecções nas gengivas e cáries. Por isso, é importante o acompanhamento de um profissional, pois a saúde bucal da mãe influencia diretamente na saúde do bebê que vai nascer.

Apesar desse acompanhamento ser tão importante, ele não recebe a devida atenção como pré-natal médico. Aliás, nem sempre as gestantes têm noção de que elas devem ir ao dentista durante o período de gravidez, pois acham que os procedimentos prejudicam o desenvolvimento do feto, o que não é verdade.

Por que gestantes devem fazer um acompanhamento odontológico?

Agora que você já sabe o que é o pré-natal odontológico e a sua importância, vamos citar alguns bons motivos pelos quais as gestantes devem fazer esse acompanhamento. Acompanhe.

Evitar partos prematuros

A periodontite é uma doença grave que destrói os tecidos em volta do dente e os osso responsáveis pelo suporte deles. Essa doença é muito perigosa para gestantes, pois as bactérias presentes na infecção podem cair na corrente sanguínea, o que causaria um parto prematuro.

Isso porque, quando essas bactérias chegam ao útero, o sistema imunológico aumenta a produção de um hormônio chamado de prostaglandina, com o objetivo de destruir esses microrganismos. No entanto, esse hormônio também induz o parto.

Melhorar as condições de saúde do bebê

Para que um bebê chegue ao mundo saudável, ele precisa se desenvolver adequadamente e adquirir peso. Crianças que nascem antes da hora precisam ficar internadas até ganharem peso o suficiente. Dentro do hospital, elas correm mais risco de contraírem infecções e outras doenças.

Bebês prematuros também são mais vulneráveis. Então, se a futura mamãe deseja que seu filho chegue ao mundo saudável, ela precisa cuidar de sua saúde bucal, pois, dessa forma, ela garante o bem-estar de seu bebê.

Melhorar a saúde bucal da mãe

A gestante tem uma tendência a desenvolver com mais facilidade problemas bucais, como tártaro, gengivite, periodontite e cáries. Todas essas doenças começam com o acúmulo de placa bacteriana, que em gestantes é mais comum por conta do aumento da vascularização sanguínea na gengiva.

Esse fator, somado aos hormônios da gravidez e uma higiene bucal inadequada, favorece o aparecimento das doenças já citadas. Durante o acompanhamento com o dentista, ele fará os procedimentos necessários para reduzir a placa bacteriana e manter a saúde bucal da mãe em dia.

Deixar a gestação mais saudável e tranquila

Quanto mais saudável estiver a mãe durante todo o período da gravidez, mais tranquila será sua gestação. Com uma mãe saudável e disposta, o feto vai crescer com saúde e a gestante também ficará mais tranquila para a hora do parto.

Trazer mais segurança para a mãe

A gravidez é um período de dúvidas e receios, principalmente para mamães de primeira viagem. Por isso, o acompanhamento odontológico é tão importante quanto o pré-natal médico, pois ambos visam trazer mais segurança para mãe, tanto em relação à sua própria saúde quanto a de seu bebê que vai nascer.

Quando a gestante deve começar o acompanhamento com o dentista?

O ideal seria que a consulta com o dentista fosse realizada antes da gravidez. Dessa forma, a futura mamãe teria a oportunidade de cuidar de sua saúde bucal antes de engravidar. Mas como isso nem sempre é possível, a gestante deve marcar a consulta com o odontopediatra no segundo trimestre da gestação.

Essa fase é recomendada porque o primeiro trimestre é a fase mais crítica da gestação. É o período o qual a mulher sente muitas náuseas e enjoos e, por isso, ela pode se sentir desconfortável na hora da consulta.

O último trimestre também não é o período ideal, pois, nessa fase, a barriga está muito grande e a futura mamãe pode se sentir desconfortável na cadeira do dentista.

Como cuidar da saúde bucal durante a gravidez?

Os cuidados com a higiene bucal durante a gravidez devem ser redobrados. A gestante deve escovar os dentes sempre após as refeições, com um creme dental com flúor. Além disso, é preciso usar o fio dental pelo menos uma vez ao dia. Evitar o consumo excessivo de doces e manter uma dieta balanceada também são atitudes essenciais para manter os dentes e gengivas saudáveis.

Fazer o pré-natal odontológico garante uma gravidez mais saudável, no entanto, é preciso procurar profissionais qualificados na hora de fazer esse tipo de acompanhamento. A clínica ou consultório escolhidos devem ser equipados para atender mulheres grávidas e os profissionais devem estar preparados para sanar todas as dúvidas das futuras mamães em relação à sua saúde bucal e de seu bebê.

Gostou do post e quer ler mais conteúdos interessantes sobre saúde bucal na gravidez e outros assuntos? Então assine agora mesmo a nossa newsletter que enviaremos artigos superinteressantes diretamente em seu e-mail.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário