Conheça as principais dúvidas sobre botox!

Tempo de leitura 6 min

A toxina botulínica, mais conhecida como botox, é bastante utilizada por dentistas em um tratamento para melhorar assimetrias e aliviar dores causadas por bruxismo e disfunções da ATM, por exemplo. Apesar de já estar presente nos consultórios há algum tempo, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre botox e como essa substância pode ser usada para melhorar a saúde bucal. 

Neste post, você ficará por dentro do assunto ao conhecer as principais questões que envolvem o botox. Ficou interessado? Então, confira a seguir.

Qual é o momento mais adequado para a aplicação?

Não existe uma idade ideal para a aplicação do botox. Em procedimentos estéticos faciais, com o objetivo de reduzir rugas e marcas de expressão, a procura costuma acontecer por volta dos 30 anos, conforme o envelhecimento da pele. Já para a aplicação odontológica, a recomendação varia de caso a caso, tanto para melhorar a parte estética quanto a funcional.

Qual a diferença entre botox e toxina botulínica?

O nome correto da injeção aplicada para inibir a contração de determinados músculos da face é toxina botulínica. Essa substância é um tipo de veneno produzido pela bactéria Clostridium botulinum.

No entanto, a substância é conhecida popularmente como botox. Isso porque, Botox® é a marca registrada da primeira e mais famosa toxina botulínica aprovada no Brasil. Devido à força e popularidade da marca, o nome acabou se tornando sinônimo dessa categoria de produtos.

O dentista pode aplicar o botox?

Sim. A aplicação do botox se tornou um procedimento estético muito procurado e que vem ganhando cada dia mais espaço nos consultórios odontológicos para fins estético-funcionais.

Logo, o dentista está habilitado e tem autorização para realizar os procedimentos odontológicos que utilizam o botox. Entretanto, na hora de escolher a clínica para realizá-los, é importante buscar por consultórios devidamente equipados e especializados que oferecem esse tipo de tratamento.

Quanto tempo dura o procedimento?

O procedimento dura, em média, 30 minutos para ser realizado e o paciente pode notar os primeiros resultados após dois ou três dias. Os resultados finais são visíveis depois de 15 dias. Os efeitos do tratamento duram de quatro a seis meses e, depois desse período, é necessário voltar ao consultório para reaplicações.

O organismo cria resistência à toxina?

Existem casos em que o organismo, após algum tempo, desenvolve anticorpos contra a substância. Isso acontece, principalmente, com pessoas que utilizam o botox em grandes quantidades e de forma rotineira. Então, o tempo de ação pode ser reduzido e torna-se necessário aplicar doses maiores.

Pode ocorrer alguma complicação na aplicação?

O botox é uma substância segura, controlada pelo Ministério da Saúde Brasileiro e pelo controle de medicamentos americano. Ocasionalmente, pode haver vermelhidão e inchaço ao redor dos pontos aplicados, bem como dores de cabeça e locais, no entanto, essas reações são comuns e costumam desaparecer dentro de 24 horas.

Em casos em que o profissional não tem a qualificação necessária e aplica doses maiores do que as indicadas, o tratamento pode até gerar assimetrias faciais, queda das pálpebras, paralisias faciais transitórias e enfraquecimento dos músculos. Por isso, é importante procurar um dentista qualificado.

Powered by Rock Convert

Existem contraindicações?

Sim. Apesar da aplicação ser considerada um procedimento seguro, existem alguns casos em que não é recomendado, por exemplo, em:

  • mulheres grávidas ou lactantes;
  • portadores de doenças autoimunes;
  • pessoas com sensibilidade aos componentes do botox;
  • alérgicos e intolerantes à lactose ou albumina;
  • portadores de doenças neuromusculares;
  • pacientes em tratamento com o antibiótico aminoglicosídeo.

A aplicação do botox é dolorosa?

Não. A aplicação costuma ser bastante rápida e indolor e não deixa nenhuma cicatriz. Durante o procedimento, o médico ou dentista seleciona os pontos exatos e injeta a quantidade ideal da substância. No caso de pessoas mais sensíveis à dor, é possível realizar o tratamento com anestesia local.

Quais cuidados é preciso ter antes e após o procedimento?

Antes de qualquer procedimento com botox é importante se consultar com seu médico e realizar exames para assegurar que sua saúde está em dia.

Depois do procedimento, alguns cuidados também são necessários para garantir resultados melhores e mais duradouros, entre eles:

  • evite massagear a região da aplicação;
  • evite a prática de exercícios físicos nos dois primeiros dias;
  • mantenha-se em posição vertical pelas primeiras 4 horas;
  • evite a exposição solar nos 10 primeiros dias após o procedimento.

Em quais áreas pode ser aplicado?

Dependendo da finalidade do tratamento, o botox pode ser aplicado em diversas áreas. Para suavizar rugas e linhas de expressão, por exemplo, a toxina pode ser injetada na área da testa, no espaço entre as sobrancelhas e na região ao redor dos olhos. Além disso, a substância também pode ser utilizada para fins terapêuticos, como nos tratamento de:

  • espasmo hemifacial;
  • hiperidrose nas axilas;
  • enxaqueca;
  • estrabismo;
  • bexiga hiperativa;
  • rigidez muscular excessiva.

Quais as aplicações do botox na odontologia?

Muito se fala sobre a aplicação do botox para suavizar rugas, no entanto, essa substância também traz inúmeros resultados para tratamentos bucais, tanto estéticos quanto funcionais.

A toxina ajuda a corrigir, por exemplo, o sorriso gengival, causado quando o paciente tem uma maior elevação do lábio superior ao sorrir. Nesses casos, a aplicação é uma alternativa ao procedimento cirúrgico e, ao ser injetada nos músculos responsáveis pelo sorriso, promove o relaxamento da região, impedindo a exposição da gengiva.

Além disso, o botox também pode ser utilizado para corrigir casos de assimetria do sorriso e da face, deixando o rosto mais harmônico e equilibrado. Ainda, bruxismo ou outras disfunções da ATM também podem ter a toxina em seu tratamento, para aliviar pressões continuas no maxilar e dores faciais.

Por fim, o dentista pode utilizar o botox para evitar a força excessiva durante a cicatrização de implantes dentários, aumentando a segurança do parafuso e auxiliando na osseointegração.

Muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre botox e para quais tratamentos a substância pode ser utilizada. Na odontologia, a toxina traz diversos benefícios e auxilia na correção de assimetrias e no alivio de dores

Na hora de procurar o tratamento, é importante contar com clínicas especializadas para trabalhar com esse tipo de tecnologia, como a OdontoCompany, a única rede de clínicas odontológicas na América latina que utiliza a marca Botox®. Agora que você já tirou suas principais dúvidas sobre o assunto, conheça também os benefícios do botox dental.

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.