Agende sua avaliação
lente nos dentes

Afinal, quando colocar lente nos dentes?

Tempo de leitura 5 min

Saber quando colocar lente nos dentes é uma decisão que deve ser analisada cuidadosamente com o dentista especializado, para avaliar as possibilidades, ter mais informações sobre o procedimento e o custo do tratamento.

Além disso, esse profissional deve orientar sobre as principais indicações para a colocação das lentes de contato nos dentes, acompanhará todo o tratamento para ficar conforme as expectativas do paciente e fará os ajustes, sempre que necessário.

Ao optar pela mudança da aparência dental por meio do uso de lentes, é aconselhável obter todas as informações desse processo e comparar o resultado ao final do tratamento.

Para saber mais sobre lente nos dentes, continue a leitura deste post!

O que são lentes de contato dental?

A estética odontológica evoluiu muitos nos últimos anos, trazendo opções para obter um sorriso perfeito e mais branco — como é o desejo de muitas pessoas, principalmente aquelas que se espelham nos resultados mostrados pelas celebridades nas redes sociais.

Ter dentes brancos e alinhados transmite uma imagem de higiene e cuidado, pode melhorar as relações amorosas e profissionais, além de aumentar as chances de quem trabalha com a imagem nas redes sociais de conseguir boas parcerias.

As lentes de contato são acessórios inseridos nos dentes e usados para diferentes indicações clínicas, sendo capazes, inclusive, de melhorar a autoestima de quem passa pelo tratamento.

Existem diversos tipos de lente de contato dental: cerâmica feldspática convencional, dissilicato ou silicato de lítio, zircônica e combinações desses materiais, que também variam em preço e qualidade.

Quando as lentes de contato não são indicadas?

Assim como existem as indicações para colocação das lentes de contato, para algumas situações clínicas, não se recomenda esse procedimento. Em função disso, é crucial conversar com o especialista em dentística restauradora.

Quando os pacientes apresentam restaurações muito antigas (principalmente aquelas com o uso de amálgama), têm dentes tortos ou sobrepostos (encavalados) ou quando a arcada dentária está fraca, não se recomenda o procedimento.

Pessoas que desgastaram muito os dentes devido ao uso de bicarbonato na rotina caseira, para clarear os dentes devem ser avaliadas pelo dentista quanto ao dano dental e à possibilidade de colocação das lentes de contato.

É crucial buscar ajuda especializada, para não investir financeiramente em um procedimento que não trará resultados significativos ou para não ter complicações dentárias.

Quando colocar lente nos dentes?

Engana-se quem pensa que as lentes de contato servem exclusivamente para deixar os dentes mais brancos, pois essa é apenas uma das indicações estéticas que devem ser avaliadas junto às questões terapêuticas.

Além dos clareamento obtido pelas lentes de contato, é possível utilizar esse acessório para:

Preencher espaços entre os dentes;

Corrigir desalinhamento;

Amenizar alguns problemas ortodônticos;

Harmonizar a arcada dentária, cobrindo os dentes com coloração mais intensa e corroídos devido a diversas questões;

Reajustar o tamanho de outros dentes para obter o sorriso adequado ao perfil de rosto da pessoa.

O especialista deve avaliar as condições da arcada dentária e como será o resultado da mudança, após a colocação das lentes de contato, para confirmar que o procedimento terá resposta positiva para o paciente.

Como é feito o procedimento de colocação das lentes nos dentes?

Inicialmente, é preciso ressaltar que a colocação das lentes de contato deve ser feita por um profissional com conhecimento e experiência no assunto. O primeiro passo, portanto, é buscar ajuda especializada.

Em um primeiro momento, o dentista e o paciente conversarão sobre as indicações clínicas para a arcada dentária em questão, as expectativas com o tratamento, os custos de todo o processo, as orientações antes e depois das sessões, entre outras dúvidas.

Posteriormente, o especialista solicitará exames de radiografia, um molde completo da boca, para o protético trabalhar a partir do que foi enviado, e verificará o que pode ser feito a partir do sorriso demonstrado pela paciente e os tipos de dentes que ele apresenta.

Depois de fazer essa análise minuciosa, o dentista enviará o modelo desejado para a confecção das lentes pelo protético, que trabalhará de forma manual ou tecnológica, conforme os resultados desejados.

Na sequência, as lentes são colocadas individualmente no consultório odontológico, podendo ser avaliado o uso de anestesia, dependendo da complexidade do processo e da sensibilidade do paciente.

Como se trata de um procedimento que exige atenção do dentista, são esperadas pelo menos três sessões para a colocação completa das lentes de contato — mas isso é avaliado pelo dentista, conforme a resposta do paciente.

É aconselhável fazer um check-up dentário, verificando a presença de cáries e tártaro, e resolver essas pendências antes de iniciar o procedimento para colocação das lentes de contato.

Qual é a durabilidade das lentes de contato?

As lentes de contato dental podem durar por até 20 anos, mas para preservar essa estrutura, é importantíssimo que o paciente modifique os hábitos que são prejudiciais à saúde dos dentes.

A colocação das lentes é o primeiro passo para obter o sorriso desejado, mas a manutenção estará diretamente relacionada à adesão do paciente a algumas ações positivas. Deve-se:

  • evitar mastigar gelo;
  • ter muito cuidado ao comer alimentos muito duros ou crocantes;
  • evitar o uso de substâncias com alto teor de corantes artificiais, devido à possibilidade manchar os dentes ou lascar as lentes de contato.

Outro ponto fundamental é fazer sempre a higienização correta dos dentes, usando fio dental nas escovações e acompanhar, periodicamente, a saúde bucal e a integridade das lentes de contato. Não é porque os dentes estão brancos que eles estão limpos!

Saber quando colocar lentes nos dentes é uma decisão que deve ser tomada após o conhecimento do procedimento, uma conversa com o dentista especializado e uma avaliação dos custos do tratamento.

Além disso, é fundamental seguir as orientações pós-procedimento, para evitar o desgaste ou a ruptura das lentes de contato, proporcionando durabilidade do sorriso harmônico e branco por muitos anos.

Gostou de saber mais sobre as lentes de contato dental? Então, conheça os tipos de materiais usados nas lentes de contato dental e fique ainda mais por dentro do assunto!

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.