Agende sua avaliação

Chupeta faz mal para a saúde bucal? Descubra!

Tempo de leitura 3 min

A criança busca a sucção para se acalmar e, dessa forma, pais e responsáveis têm o costume de oferecer a chupeta para trazer um conforto ao pequeno. Afinal, chupeta faz mal? É preciso ter atenção ao uso prolongado desse item para evitar problemas de saúde bucal.

Acompanhe nosso post, entenda os riscos que a chupeta pode trazer para a dentição das crianças, além de dicas de como auxiliar os pequenos a largarem esse item!

Quais os riscos da chupeta para saúde bucal?

É comum que, logo ao nascer, os pais ofereçam a chupeta para o bebê parar de chorar, se acalmar e dormir melhor. Porém, não é indicado que a criança use o item por muito tempo devido às consequências para a saúde bucal. Veja a seguir!

Problemas de oclusão

O uso de chupeta por um prazo longo compromete a oclusão, assim a criança pode desenvolver a mordida aberta, ou seja, quando uma parte da arcada superior ou inferior não tem contato.

Esse desencontro das arcadas é mais comum na região anterior, ou seja, a que aparece quando sorrimos.

A mordida aberta, além de comprometer a estética, pode levar a fratura, desgastes dentários e retração da gengiva, podendo, em casos mais graves, ocasionar a perda de dentes.

Desalinhamento dos dentes

É preciso ter em mente que a criança está desenvolvendo a dentição, assim a chupeta faz mal, pois leva a uma pressão em pontos da arcada, prejudicando o posicionamento da dentição.

Isso pode fazer com que os dentes sejam empurrados para fora, se separem ou ainda cresçam apinhados (encavalados).

É um problema que dificulta a higienização bucal correta, contribuindo para o surgimento de cárie e gengivite. Pode ainda comprometer a fala e mastigação e traz prejuízos estéticos.

Interferência na formação da mandíbula

Além de comprometer o posicionamento dos dentes e oclusão, a pressão da chupeta também pode interferir na formação da mandíbula, trazendo problemas de respiração e fala.

Mais chances de ter cáries e outras infecções

Por último, se a chupeta não estiver higienizada corretamente, pode fazer com que a criança leve germes e bactérias à boca, contribuindo para o surgimento de cáries, candidíase oral e outras doenças.

Como ajudar a criança a largar a chupeta?

Como você viu, a chupeta faz mal, trazendo problemas sérios para a dentição e desenvolvimento ósseo da face da criança. Por isso, é importante ajudá-la a largar esse objeto. Confira algumas dicas:

  • retire a chupeta devagar, combinando, inicialmente, que a criança pode usar o item somente para dormir;
  • proponha uma troca para a criança, assim ela oferece a chupeta e tem como recompensa um presente ou um passeio;
  • como as crianças gostam de se sentir “crescidinhos”, reforce a ideia de que crianças maiores não usam chupetas.

A chupeta faz mal para a saúde bucal, por isso o ideal é não oferecer o item. Caso a criança já tenha o costume de usar, comece a conversar com ela para fazer a retirada gradativamente. Leve a criança ao odontopediatra para que ele também auxilie nesse processo.

Gostou do nosso conteúdo? Então, fique por dentro dos principais benefícios da ortodontia preventiva!

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.